Exportações baianas crescem 27,4% no mês de maio

Com os resultados, a Bahia voltou a acumular um superávit de US$ 116,1 milhões em sua balança comercial

Em 11/06 de 2019

Secom BA | Imagem destaque reprodução www.sei.ba.gov.br

As vendas externas da Bahia se recuperaram em maio, alcançando US$ 758,2 milhões – o que representa um aumento de 27,4% comparado ao mesmo período de 2018. Considerando o acumulado de janeiro a maio, as exportações cresceram 2,5%, atingindo US$ 3,15 bilhões. Os dados são da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

De acordo com a SEI, o bom desempenho das exportações em 2019 reflete a melhora dos volumes exportados com alta de 22,3%, puxado por itens como petróleo, celulose, petroquímicos, metalúrgicos, algodão e derivados de cacau. A exceção foi a soja, que registrou queda de 11,6%, por causa de uma safra menor, além do efeito do aumento do consumo doméstico. Além disso, segundo a SEI, a quebra na produção de carne suína chinesa deve prejudicar a exportação do produto ao país asiático.

No mês, as exportações para os Estados Unidos cresceram 35% e avançaram 46% para a Ásia. O resultado do comércio com a Argentina caminhou em sentido inverso. As vendas para o país recuaram 15% em maio, enquanto que, no ano, a queda chega a 38,6%.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.