Bancários decidem fazer greve

Osmar Ribeiro Está prevista uma paralização dos bancários para o início do mês de outubro, caso a Fenaban e os bancos não cheguem a um acordo com a categoria Na negociação, a categoria revindica 16% (aumento real de 5,7% mais a inflação), mas a Fenaban oferece só reajuste de 5,5%. E mesmo com um lucro […]

Em 27/09 de 2015

Osmar Ribeiro

Está prevista uma paralização dos bancários para o início do mês de outubro, caso a Fenaban e os bancos não cheguem a um acordo com a categoria

Previsão de greve para o dia 06 de outubro | Foto: Osmar Ribeiro/Falabarreiras

Previsão de greve para o dia 06 de outubro | Foto: Osmar Ribeiro/Falabarreiras

Na negociação, a categoria revindica 16% (aumento real de 5,7% mais a inflação), mas a Fenaban oferece só reajuste de 5,5%. E mesmo com um lucro de mais de R$ 35 bilhões no primeiro semestre de 2015, os bancos oferecem apenas reajuste salarial de 5,5%, mais abono no valor de R$ 2,5 mil aos bancários. O índice não chega nem perto da inflação do período, de 9,53%.

A rodada de negociação ainda não terminou, mas, o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, avisa: “Com essa proposta não resta outra alternativa a não ser cruzar os braços. O que os bancos fazem é um desrespeito com todo o conjunto da sociedade”.

Comando indica assembleias no dia 1° para aprovar a greve.  Dia 5 assembleias para deflagrar a greve a partir do dia 6.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.