Visita especial alegra pacientes no Hospital do Oeste

Thianne Lira Com risada, descontração e ao som de muita música! Assim foi a manhã da última quarta-feira, 26, no Hospital do Oeste. Graças a uma visita dos “doutores palhaços”, os pacientes nem lembraram que estavam em um ambiente hospitalar. Pela primeira vez na unidade, o grupo Terapeutas do Riso, composto pelos atores Dalvinha Gomes […]

Em 01/12 de 2014

Thianne Lira

01Com risada, descontração e ao som de muita música! Assim foi a manhã da última quarta-feira, 26, no Hospital do Oeste. Graças a uma visita dos “doutores palhaços”, os pacientes nem lembraram que estavam em um ambiente hospitalar. Pela primeira vez na unidade, o grupo Terapeutas do Riso, composto pelos atores Dalvinha Gomes (Dra. Ciranda Sambalelê), Edmar Dias (Dr. Bacural) e Robson Saraiva (Dr. Charanga), fizeram com que os pacientes compreendessem que sorrir é um ótimo remédio.

Nos leitos, cada brincadeira, música ou piada arrancava sorrisos de quem estava por perto. Entre eles estava Celso dos Santos, um garotinho de 11 anos que acompanhou todo o passeio dos Terapeutas do Riso pela Clínica Pediátrica. ?Adorei a visita, eles são muito alegres e divertidos?, comentou. Além das crianças, os adultos também se empolgaram bastante com a presença do trio.

“A cada vez que saio de um hospital, sinto que estou em débito com aqueles pacientes que visitei e conversei, pois eles acabam me retribuindo muito mais em ensinamentos e lições de vida do que eu levo para eles”, comentou Dalvinha Gomes.

Os Terapeutas do Riso, que há 15 anos atuam nas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), deixaram em todos um gostinho de “quero mais” e a grande lição de que um sorriso pode mudar tudo.

02

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.