Qual o segredo dos corpos perfeitos que desfilam nas praias neste verão?

No desfile de corpos perfeitos nas praias e piscinas, não dá mais para dizer se é atributo natural ou intervenção cirúrgica!

Em 13/01 de 2020

Euracy Campos | Estilo Press

Antigamente, quando víamos uma pessoa com um “corpão”, pensávamos o quanto ela teve sorte de nascer com “todo aquele atributo natural” ou imaginávamos que ela passava horas numa academia ou tinha feito uma dieta rigorosa, em busca da forma perfeita. Hoje, as coisas mudaram — com tantos tratamentos estéticos “milagrosos” e inúmeras novidades em intervenções cirúrgicas, a “pergunta” que fica é: será que fez cirurgia plástica? E, a não ser que se compare fotos do antes e depois, não dá para afirmar nada! É claro que o charme é mesmo guardar segredo e deixar todo mundo curioso, afinal, se fez e ficou bonito, ótimo! O verão é mesmo a melhor época para exibir a boa forma e também de estar de bem com vida, curtindo cada raio de sol e a brisa suave do mar!

Ainda bem que existe solução para quase tudo, mas é preciso tomar os devidos cuidados. Há inúmeros procedimentos para esculturar o corpo — para eliminar a gordura localizada, a cirurgia plástica indicada é a lipoaspiração, pois reduz o volume de gordura corporal em áreas específicas, conferindo à pessoa um melhor contorno corporal, fazendo uma grande mudança na silhueta. O procedimento elimina o acúmulo natural de gordura na região da cintura, como abdômen, flanco e dorso (costas), e também nas pernas, braços e até na face.

E como a cintura é uma das regiões mais visualizadas com roupa de banho e até mesmo com alguns “modelitos diários mais calorentos”, além de eliminar a gordura, muitos querem ter aquele famoso “tanquinho” ou “barriguinha sarada” — para tanto, o procedimento procurado é a dermolipectomia abdominal. “A cirurgia retira o abaulamento flácido do abdômen, formado por sobra de gordura e, principalmente, de pele, e remodela, ajustando a cinta muscular frouxa”, afirma Arnaldo Korn, diretor administrativo do Centro Nacional — Cirurgia Plástica. Além disso, com o mesmo procedimento, também dá para contornar a flacidez da porção posterior do braço ou das coxas.

Muitos, porém, vão além da cintura e colocam silicone, para ter os seios perfeitos; fazem preenchimento nas panturrilhas e nádegas; retiram culotes; modelam o contorno das coxas e braços; aperfeiçoam o rosto, entre inúmeras outras possibilidades. Uau, mas será que precisa ser rico para fazer tudo isso? “Hoje, as cirurgias já não são mais tão caras e ainda existem muitas alternativas — como o próprio Centro Nacional — Cirurgia Plástica, que parcela o procedimento e indica médicos devidamente credenciados e de confiança. E é por isso que cada vez mais pessoas conseguem realizar o sonho de ir em busca do corpo perfeito, com responsabilidade, maturidade e certos de que é o melhor caminho para a boa saúde”, explica Korn.

No entanto o melhor é seguir a velha máxima: “cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém”. Então vá com calma para não exagerar e, ao invés de ficar bonito, parecer uma “aberração da natureza”. Escolha sempre bons médicos e procure não fazer tudo de uma só vez. Que seja bem-vindo o verão!

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.