Mulher em trabalho de parto é transportada em rede no Acre

Por: Caio Fulgêncio Paciente percorreu aproximadamente 15 km até receber atendimento. Carro só pôde pegar a mulher do outro lado de ponte. Uma mulher em trabalho de parto, moradora da zona rural do município de Assis Brasil, distante 319 km de Rio Branco, foi transportada em uma rede para dar à luz no hospital da […]

Em 16/12 de 2013

Por: Caio Fulgêncio

Paciente percorreu aproximadamente 15 km até receber atendimento.
Carro só pôde pegar a mulher do outro lado de ponte.

Mulher é transportada em rede, no Acre (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo Pessoal)

Mulher é transportada em rede, no Acre (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo Pessoal)

Uma mulher em trabalho de parto, moradora da zona rural do município de Assis Brasil, distante 319 km de Rio Branco, foi transportada em uma rede para dar à luz no hospital da cidade, no dia 8 de dezembro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o carro que foi enviado para buscá-la não podia chegar devido à queda de uma ponte. A paciente teve que percorrer aproximadamente 15km.

Segundo a secretária de Saúde do município, Maria Cosma, a paciente teria escolhido ter o bebê em casa, o que é muito comum na zona rural, porém o parto não deu certo. “Trouxeram ela na rede até a ponte, porque o carro que a gente mandou não passava”, explica.

A secretaria informou ainda que a mãe e o bebê passam bem e já voltaram para a casa da família, na zona rural de Assis Brasil.

Mulher mora na zona rural de Assis Brasil (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo pessoal)

Mulher mora na zona rural de Assis Brasil (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo pessoal)

O responsável pelo Departamento de Hidrovias e Aerovias do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), Cleber Peres, não tem conhecimento do ocorrido. Ele diz que uma balsa está sendo usada para fazer a travessia no local. “A balsa entrou em atividade maior porque a ponte não se concluiu. Nós estamos arrumando para dar uma condição mais adequada para operar”, afirma.

A ponte estava sendo construída desde o começo do ano pelo Deracre. No dia 8 de dezembro, a ponte desabou com uma caçamba de uma altura de quase 20 metros. O motorista escapou com ferimentos leves.

Sem poder atravessar ponte, carro da Saúde resgatou jovem em outro ponto (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo Pessoal)

Sem poder atravessar ponte, carro da Saúde resgatou jovem em outro ponto (Foto: Cherlivan Cavalcante/Arquivo Pessoal)

Fonte: G1

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.