Imprensa europeia chama Bolsonaro de irresponsável

Europeus acusam Bolsonaro de irresponsabilidade em relação à saúde pública. “Não tem preocupação nenhuma com um possível contágio da população com o novo Coronavírus"

Em 16/03 de 2020

Sandra Cristina | Correspondente na Espanha

A consideração do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, frente ao novo Coronavírus durou apenas horas. Dos dias depois de haver dado negativo de Covid-19, e depois de ter recomendado aos seus seguidores que não saíssem para as ruas, Bolsonaro participou ontem de um ato de apoio ao governo em Brasília, em um dia em que milhares de brasileiros saíram às ruas em distintas cidades do país para manifestar contra o Congresso, ignorando a recomendação de evitar aglomerações para prevenir contágios.

Vestido com uma camiseta da seleção brasileira de futebol, fez selfies, cumprimentou seus seguidores sem nenhuma preocupação com um possível contágio.

A atuação de Bolsonaro, qualificada como “irresponsável” por vários seguimentos, foi destaque nos telejornais da Espanha e outros países da Europa onde a preocupação com a propagação do Coronavírus está em nível de alerta.

Segundo um policial brasileiro, “a todos foram recomendados que não saíssem de casa e quando a polícia chegou, os locais já estavam cheios e não puderam fazer nada”. A polícia garantiu que não foi informada para evitar as aglomerações.

Enquanto isso, na Espanha, já são mais de 9 mil infectados e obriga a suspender eleições municipais previstas para o próximo dia 5 e a polícia está na rua multando aquelas pessoas que desobedecem a ordem de permanecer em casa. As multas variam de 400 a 1.500 reais e prisão para aqueles que colocarem em risco a população. A polícia também disponibilizou drones para vigiar e ordenar as pessoas que por ventura estejam nas ruas, para irem para suas casas.

Já foram registrados 334 mortes e mais de 9 mil casos na Espanha e toda Europa espera um grande aumento no número de contagiados e mortos para esta semana devido ao tempo de incubação de muitos casos suspeitos.

Todos os programas ao vivo das redes de televisão estão sendo apresentados sem público ou vêm sendo substituídos por programas antigos gravados.

Todo o comércio está fechado sem data prevista para reabrir. A grande dificuldade que a população, médicos e enfermeiros vêm enfrentando, é a falta de máscaras, uma vez que todas as fábricas já doaram as que tinham e tiveram que fechar as portas. A esperança agora é aguardar uma grande remessa da própria China que é a grande fabricante e onde o problema começa a regredir.

Assim, a responsabilidade, tanto dos governantes quanto da população, é um papel fundamental. Tem se que se conscientizar do problema que mata e que o setor da saúde pública se sobrecarrega e falta material até nos países de primeiro mundo. A dica é que todos se cuidem.

3 comentários

#calaaboca
Comentou em 17/03/20

Essa mídia suja que só mostra que le entereça porquê não mostra as praias cheias mesmo o povo sabendo do perigo a não quase ia esquecendo a vdd é que a mídia está de marcação com Bolsonaro porquê ele cortou os privilégios dos dos mesmos que só pregão fake e meias vdd né não?

Osmar Ribeiro
Comentou em 17/03/20

O povo tem o livre arbítrio de fazer o que quer e paga as consequências por isso. Já um líder de governo tem responsabilidades sobre seu povo. Não é questão de meias verdades. Aqui em nosso site publicamos muita coisa favoráveis ao presidente, porém nesse episódio ele pisou na bola feio. Ele tem responsabilidade com o seu povo, e como ele é suspeito de portar o vírus, jamais deveria se aproximar do povo. Quanto aos privilégios, o Falabarreiras nunca contou com mídia do governo federal.

#calaaboca
Comentou em 17/03/20

Se eu não estiver enganado ele já fez e deu negativo vcs não ler jornal?

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.