Espanha prorroga para dia 25 de Abril o “suposto” fim do confinamento

A intenção é frear a saída da população para as ruas ou mesmo outras cidades na Semana Santa

Em 04/04 de 2020

Sandra Cristina | Correspondente na Espanha | Imagem destaque: Presidente da Espanha, Pedro Sanches, em pronunciamento às 09h00 (horário de Brasília)

O Presidente espanhol, Pedro Sanches, pronunciou sua petição junto ao Congresso para prorrogar até o dia 25 de Abril o fim do confinamento. A intenção é frear a saída da população para as ruas ou mesmo outras cidades na Semana Santa, mas que existe a possibilidade de ir-se moldando a flexibilidade com o passar dos dias e os números de infectados.

Na Espanha se registra hoje o menor número de mortos diários depois de uma semana batendo recordes: 809 falecidos.

Os números hoje revelam 11.744 mortes, 124.736 infectados, 57.612 hospitalizados e 34.219 curados.

Em Madrid, a Governadora colocou à disposição mais uma pista de patinagem em gelo para receber os cerca de 440 falecidos, lembrando que outros mais foram também liberados devido ao grande fluxo de mortos.

Este último espaço, conta com 1.800 metros e é o terceiro recinto aberto para esse fim.

Por outro lado, frente à grande dificuldade que muitos cidadãos enfrentam em ficar em casa e tantos outros apenas por “desafiar” a polícia nesse período de confinamento, muitos estão sendo sancionados e até presos por descumprir a lei de alarme. Até o momento, as forças de segurança já tramitaram 216.326 propostas de multas para as pessoas que foram flagradas “furando” a quarentena. 1.849 pessoas estão presas, segundo dados fornecidos pelo Ministério da Justiça. Hoje mesmo, foram presas três jovens que se faziam passar por entregadores de comida à domicílio, flagradas com drogas que seriam entregues de casa em casa.

A mais recente informação para a população dada pelo Ministério da Saúde, é que todos a partir de agora saiam à rua (trabalhar em serviços essenciais ou mesmo irem a farmácia ou supermercado), usarem mascaras e luvas.

Muitos ainda questionam o porquê? E a explicação vem do Ministério da Saúde que esclarece que se trata de um vírus que se expande através de gotas de saliva que caem o que ficam suspensos no ar. Este feito é claro e determinante. Se até o momento se pedia para guardar distância de segurança, agora tudo parece indicar que SE DEVEM TOMAR MEDIDAS MAIS RADICAIS, uma vez que o coronavírus pode não apresentar sintomas ou mesmo nem apresentá-los na fase inicial, o que quer dizer que certas pessoas podem estar contaminadas e expandi-lo sem dar-se conta.

O Ministério da Saúde reconhece que existem muitos mais casos “leves” do que se imagina.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.