Espanha: Número de infectados aumenta e seguirá aumentando

Espanha já registra 1.350 mortes e já alcança a casa dos 25 mil internados, sendo 1.612 em estado grave em UTI’s e 2.125 receberam alta médica

Em 21/03 de 2020

Sandra Cristina | Correspondente na Espanha

Os espanhóis já levam uma semana sem sair de casa, saindo somente o justo e necessário desde que entrou em vigor o estado de alarme decretado no sábado (14). Mas o confinamento não logrou, todavia dobra a curva de contágios.

Por norma geral, os cidadãos estão cumprindo com as normas do real decreto e não saem mais que o necessário como para comprar alimentos, passear com os mascotes (diante de casa), ir ao trabalho que não pode ser suspenso, ir a bancos, cuidar de pessoas dependentes e ir ao médico.

Sem embargo, continua havendo cidadãos que fazem ouvidos surdos, quando, agora no fim de semana, tentaram sair de suas cidades para irem às suas segundas residências ou visitar familiares.

A direção geral de tráfego estabeleceu controles para mandar para casa quem não viaja por estrita necessidade, como estabelece o real decreto. E também não se pode realizar festas particulares como fizera um grupo de jovens que acabaram multados.

Os bombeiros espanhóis estão pedindo encarecidamente à população para que permaneça em casa, uma vez que só assim pode parar a propagação do Coronavírus.

Hoje, sábado (21), em comunicado oficial sobre a pandemia do covid-19, não compareceu o diretor do centro de coordenação de alertas e emergências sanitárias do Ministério da Saúde, por apresentar “alguns sintomas”, ainda que há dado negativo.

Em Madrid, já foram desocupados e adaptados hotéis para abrigar a todo pessoal sanitário e outros para pacientes que receberam alta, mas que devem permanecer de quarentena por 14 dias mais.

Por outro lado, Espanha já ordenou o contingente militar em missões internacionais a voltar para casa. A metade do efetivo está no Iraque fundamentalmente na base de Besmaya, com a missão de treinar o novo exército iraquiano.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.