Clareamento íntimo: conheça os tratamentos

“É um carinho à autoestima”, garante o dermatologista Gustavo Saczk

Em 07/11 de 2019

Nobre Assessoria

Você já ouviu falar de clareamento íntimo? Um assunto que era tabu até em consultórios dermatológicos agora vem sendo discutido com mais naturalidade.

“O cuidado e o bem-estar com o corpo é algo recorrente e comum entre homens e mulheres, fazendo parte do dia a dia de muitos brasileiros. Alguns pacientes muitas vezes não se queixam deste tipo de problema por vergonha. Então, muitos vão falando no decorrer das consultas. Mas temos que quebrar esse estigma. Tratar essas áreas é um artifício de beleza tanto quanto ter uma pele do rosto apresentável, é um carinho à autoestima”, conta o dermatologista Gustavo Saczk.

Segundo o médico, as causas do escurecimento dessas regiões são o sobrepeso, depilação com cera quente ou aparelho de barbear e até mesmo a própria genética: “Com o passar dos anos, essa área do corpo feminino vai ficando mais flácida e escurecida por diferentes razões, como depilação, gravidez, mudanças hormonais, entre outros”, explica o dermatologista.

Para resolver o problema, Gustavo conta que o que mais indica às suas pacientes é o peeling para clareamento: “O peeling vem para ajudar nesse problema que antes era tratado apenas com cremes. Ele é realizado com sessões quinzenais, que variam em número entre 3 a 6 sessões para que se atinja um resultado satisfatório. Mesmo pacientes com tom de pele mais escuro podem fazer este peeling sem medo, por ser composto de ácidos seguros para todos os tipos de pele, como o ácido mandélico”.

Gustavo diz ainda que para quem quiser obter o resultado ainda mais rápido, é possível associar tratamentos: “O peeling pode ser associado com o tratamento domiciliar com cremes manipulados ou cosmecêuticos. Tudo para acelerar o clareamento da região”.

De acordo com o dermatologista, o público mais comum que procura este tipo de procedimento são mulheres acima dos seus 40 anos. Porém, o clareamento íntimo pode ser realizado em qualquer idade ou sexo.

E os benefícios vão além da estética: “A autoestima melhora muito. Muitas mulheres deixam de usar biquíni na praia ou um vestido mais curto por escurecimento que pode se estender a região interna das coxas. A qualidade de vida e amor próprio melhoram muito”.

Os custos do peeling variam entre R$ 1.000 a R$ 3.000 as 5 sessões, quando já se nota um clareamento importante se a paciente seguir as orientações!

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.