Acabou o Carnaval: é hora de repor as energias

Especialista em Fitoenergética ensina como recuperar as forças com os compostos fitoenergéticos depois dos dias de folia

Em 26/02 de 2020

Carolina Tomaselli | LC Comunicação

O Carnaval mal terminou e já deixou saudades. E para quem aproveitou estes dias de folia, agora é hora de repor as energias. Afinal, com uma rotina super agitada, o cansaço toma conta. E não é apenas o corpo que sente. A mente também precisa se equilibrar para voltar à rotina e se concentrar no que precisa ser feito.

Como repor rapidamente a energia depois de cair na folia?

A resposta está na Fitoenergética. Essa técnica reconhecida pelo Ministério da Saúde utiliza a energia vital das plantas para promover a saúde, o equilíbrio e o bem-estar. Na prática, uma erva ou diferentes combinações de plantas podem ser usadas durante e após as festas para restaurar as forças e o equilíbrio.

Mas quais são as plantas indicadas e como usar?

A escritora, professora e especialista em Fitoenergética, Patrícia Cândido, explica que podem ser utilizadas folhas, flores, frutos, raízes, caules e, até mesmo, sementes para fazer os compostos energéticos. Já o formato varia de acordo com o tipo e finalidade: pode ser um sachê ou patuá, spray para pulverizar ambientes, como tempero ou mesmo o contato com a planta in natura.

Segundo ela, uma das ervas mais poderosas para recuperar a energia perdida é o louro. E não tem segredo! Basta pegar a folha fresca ou desidratada e colocar no bolso. “O louro tem o poder de afastar as energias densas, por isso ajuda a purificar sua energia e mantê-la equilibrada, no lugar que você estiver”, ensina Patrícia.

Patrícia Cândido, escritora, professora e especialista em Fitoenergética

Atualmente, existem 118 plantas catalogadas com suas funções fitoenergéticas, a partir de uma ampla pesquisa feita por ela e pelo químico Bruno Gimenes, que são apresentadas no Livro Fitoenergética, um estudo inédito no Brasil iniciado em 2002.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.