Vento em Popa/Janjar se prepara para a disputa do Campeonato Baiano de futsal

Fotos: Cláudio Foleto O município de Luís Eduardo Magalhães sedia, entre os dias 21 e 24 de novembro as finais do Campeonato Baiano Adulto Masculino de Futsal. Os jogos serão disputados na Quadra Poliesportiva Dioclécio Severino Ramos, ao lado da escola Ottomar Schwengber. A abertura está prevista para as 19h com a partida entre S.C […]

Em 21/11 de 2013

Fotos: Cláudio Foleto

Fruto da parceria público-privada a nova quadra segue normas da federação internacional de futebol
Fruto da parceria público-privada a nova quadra segue normas da federação internacional de futebol

O município de Luís Eduardo Magalhães sedia, entre os dias 21 e 24 de novembro as finais do Campeonato Baiano Adulto Masculino de Futsal. Os jogos serão disputados na Quadra Poliesportiva Dioclécio Severino Ramos, ao lado da escola Ottomar Schwengber. A abertura está prevista para as 19h com a partida entre S.C Ibotiraminha e Sec. Esp. Lazer de Tanhaçu, a entrada será franca. Após, no jogo de fundo as 20h30 a equipe da casa, LEM Vento em Popa Janjar enfrenta a Liga Bonfinense de Futsal.

Para a disputa do Campeonato Baiano, a equipe do LEM Vento em Popa Janjar investiu pesado e trouxe o ex-jogador da Seleção Brasileira, Fininho, para comandar o time. “O time está com uma excelente qualidade, é uma equipe com formação profissional. Os jogadores têm experiência em quadra e estamos confiantes para conquistar este título para Luís Eduardo Magalhães”, diz Fininho, lembrando que o elenco vem sendo acompanhado por médicos, fisioterapeutas, massagistas e educadores físicos.

De acordo com um dos idealizadores do time, o empresário Fábio Lauck conta que a equipe está treinando há 40 dias em três turnos. Em setembro a equipe conquistou o vice-campeonato na Taça Nordeste de Futsal e agora aposta na mescla da experiência e da juventude para conquistar o título baiano.

Para o empresário, o apoio do Poder Executivo está sendo fundamental para o desenvolvimento do esporte no município e o crescimento da equipe a nível estadual e nacional. Outro ponto destacado por Fábio é o apoio da Federação Baiana de Futsal (FBF). “Eles estão acompanhando de perto a evolução do esporte no nosso município, por isso, em uma Parceria Publico Privada (PPP) do esporte conseguimos reformar a Quadra Poliesportiva Dioclécio Severino Ramos,de acordo as exigências da Federação Internacional de Futebol”, observa

Técnico Fininho aposta no título treinando fortes marcações, ataques e as jogadas com pivôs
Técnico Fininho aposta no título treinando fortes marcações, ataques e as jogadas com pivôs

Já o vice-presidente da Federação Baiana de Futsal (FBF), Noildo da Paixão explica que a escolha de Luis Eduardo Magalhães se deu pelo destaque que o município vem recebendo a nível nacional, seja economicamente, em relação ao desenvolvimento acelerado e por participar de outras competições importantes.

Noildo também destacou a reforma na quadra e as possibilidades futuras para o futsal na cidade. “Gostei da estrutura e qualidade da quadra, a intenção é trazer a seleção Sub-20 da Seleção Brasileira para se apresentar na cidade”, disse o vice-presidente destacando que outras competições de grande porte devem acontecer no município em breve.

Chaveamento – A final do Campeonato Baiano de Futsal é disputada por seis equipes divididas em duas chaves. Na Chave A LEM Vento em Popa Janjar, Liga Bonfinense de Futsal e Futsal Barra da Estiva. Na Chave B, S.C Ibotiraminha, Sec. Esp. Lazer de Tanhaçu e Edgard Santos/Arte nas Quadras. A grande final está prevista para o domingo a partir das 10h com os vencedores de cada chave. O ingresso para a decisão, será um quilo de alimento não perecível.

03

Fonte: ASCOM LEM

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.