Sindsemb protocola pedido de cumprimento da Data Base e criação de comissão para mesa de negociação do reajuste salarial 2018

Na manhã da quarta-feira (06 de dezembro) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barreiras (Sindsemb), protocolou junto à Prefeitura Municipal um ofício direcionado ao prefeito Zito Barbosa com cópia ao Procurador-Geral Dr. Túlio Viana e secretária municipal de administração Versiany Roque, solicitando o cumprimento da Lei Municipal que define o mês de janeiro como […]

Em 10/12 de 2017

Na manhã da quarta-feira (06 de dezembro) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barreiras (Sindsemb), protocolou junto à Prefeitura Municipal um ofício direcionado ao prefeito Zito Barbosa com cópia ao Procurador-Geral Dr. Túlio Viana e secretária municipal de administração Versiany Roque, solicitando o cumprimento da Lei Municipal que define o mês de janeiro como Data Base e a criação da comissão para Mesa de Negociação do Reajuste Salarial 2018, dos servidores civis.

Segundo documento, a revisão geral anual é um direito constitucional de todo trabalhador, garantido no artigo 37, inciso X da Constituição Federal e também no Estatuto dos Servidores Públicos Civis de Barreiras. O objetivo é que seja definido a comissão para Mesa de Negociação ainda para o mês de janeiro de 2018, agilizando a negociação entre Sindicatos e Poder Executivo.

“Nossa expectativa é iniciar já nos primeiros dias do mês de janeiro as reuniões, criação da comissão e discutir o reajuste salarial dos servidores civis de Barreiras. Como foi expresso no ofício, acreditamos que esse ano, o Poder Executivo poderá conceder melhores índices de reajuste para os servidores e do magistério, valorizando todo funcionalismo público”, disse a presidente Carmélia da Mata.

Toda categoria de servidores e sindicatos estão confiantes que o reajuste seja superior ao ano passado e que seja cumprido a data base de janeiro, haja vista, as últimas notícias e Leis aprovadas na Câmara de Vereadores, que garantiram direitos aos agentes políticos, onerando o erário e mesmo assim foram concedidos. “Queremos apenas respeito, valorização e que nosso direito ao reajuste salarial seja garantido”, disse Diego Lucas, servidor municipal.

Fonte: Ascom/SINDSEMB

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.