Servidores municipais e professores decidem por paralisação amanhã; prefeitura pode cortar ponto e multar

Osmar Ribeiro* Os servidores de Barreiras decidiram em assembleia na tarde da quinta-feira (10), na sede do SINDSEMB, que vão paralisar as atividades, por 24 horas, amanhã, terça-feira (15), dia em que, provavelmente, aconteça a votação dos projetos nº 09 e 10 na Câmara Municipal. Já os professores da rede municipal decidiram que vão paralisar […]

Em 14/08 de 2017

Osmar Ribeiro*

Os servidores de Barreiras decidiram em assembleia na tarde da quinta-feira (10), na sede do SINDSEMB, que vão paralisar as atividades, por 24 horas, amanhã, terça-feira (15), dia em que, provavelmente, aconteça a votação dos projetos nº 09 e 10 na Câmara Municipal.

Já os professores da rede municipal decidiram que vão paralisar por mais 48 horas, dias 15 e 16 de agosto, (terça-feira e quarta-feira) para que possam participar dos atos de mobilização contra a votação.

Na terça-feira pela manhã, todas as categorias vão se reunir em frente à Prefeitura de Barreiras, para mais uma vez solicitar ao prefeito Zito Barbosa que receba as representações sindicais para um diálogo.

Porém, a meritíssima Juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública, Drª. Fernanda Maria Araújo Mello, determinou que os servidores do município, caso venham deflagrar greve, mantenham integralmente os serviços essenciais incluindo a prestação dos serviços nas áreas de saúde e educação, sob pena de fixação de multa diária e determinou aos sindicatos que informem a todos os servidores filiados que a adesão ao movimento de paralisação poderá gerar o corte do ponto pelo dia de trabalho parado, com o consequente desconto na folha salarial.

* Com ifnromações da Ascom Sindsemb e Dircom Barreiras | Foto: Sindsemb

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.