SBRHVI: Abrapa lança o novo programa de qualidade do algodão

Ascom Abrapa A Abrapa – Associação Brasileira dos Produtores de Algodão – lançou, oficialmente, na semana passada, em Liverpool (Inglaterra), o programa Standard Brasil HVI (SBRHVI) e anunciou a inauguração, no final deste ano, do Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), em Brasília (DF). Esse programa permitirá ao algodão produzido no Brasil, […]

Em 03/11 de 2016

Ascom Abrapa

A Abrapa – Associação Brasileira dos Produtores de Algodão – lançou, oficialmente, na semana passada, em Liverpool (Inglaterra), o programa Standard Brasil HVI (SBRHVI) e anunciou a inauguração, no final deste ano, do Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), em Brasília (DF). Esse programa permitirá ao algodão produzido no Brasil, em estados como a Bahia, ser reconhecido no mesmo patamar de qualidade que os melhores do mundo. O lançamento ocorreu em um almoço, que reuniu representantes das associações estaduais, como a Abapa e Aiba, por meio da presença dos presidentes Celestino Zanella e Júlio Cézar Busato, respectivamente, e de empresas ligadas ao setor. Também estavam presentes as maiores empresas de comércio mundial de commodities, principalmente, as que comercializam a pluma brasileira.

João Carlos Jacobsen lança programa de qualidade do algodão brasileiro, na Inglaterra, para o mercado internacional | Foto: Abrapa

João Carlos Jacobsen lança programa de qualidade do algodão brasileiro, na Inglaterra, para o mercado internacional | Foto: Abrapa

O presidente da Abrapa, João Carlos Jacobsen, apresentou os números alcançados pelo algodão na safra 2015/2016. Destacou que o lançamento do programa era um compromisso da Abrapa com a qualidade e rastreabilidade da pluma brasileira. Ele ainda disse que esse trabalho já vem sendo desenvolvido na maior parte das fazendas do país como ocorre no município de Luis Eduardo Magalhães (BA). Jacobsen anunciou que o Brasil é, atualmente, o líder mundial na produção de algodão sustentável com 81% da produção certificada pelo programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e 71% licenciado pela Better Cotton Initiative (BCI). Destacou também a rede de algodoeiras instaladas e que, só nesta safra, 207 fizeram parte do Sistema Abrapa de identificação (SAI) e estiveram ativas.

No seu discurso, Jacobsen brincou com a plateia fazendo perguntas como: “O que o Brasil tem de novo para oferecer e o que o produtor está fazendo de novo para entregar mais qualidade e rastreabilidade. Ele respondeu os questionamentos destacando que nos últimos oito anos, tinha o orgulho de informar que para responder a estas perguntas, a associação estava lançando o programa SBRHVI.

Ele explicou que o programa está estruturado em 3 pilares que reúnem a construção do Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), o sistema de T.I que integrará todos os laboratórios em rede e fará a gestão do processo de rechecagem de 1% de todas as amostras, em sorteio aleatório, por máquina; e ainda reunirá o banco de dados de qualidade dos fardos produzidos no Brasil. O último pilar é o processo de constante orientação e melhoria dos laboratórios de HVI que fizerem parte do programa.

O CBRA já tem sua inauguração em 06 de dezembro, deste ano, e funcionamento pleno para o primeiro semestre de 2017. A Abrapa já tem uma agenda de providências que envolvem a integração dos laboratórios em rede e mobilização dos produtores para adesão ao programa, em todos os locais, e também na Bahia. Segundo Jacobsen, o compromisso da associação é que o primeiro fardo analisado em 2016/2017 venha com a identificação SBRHVI. É um grande passo para o algodão brasileiro em relação à transparência e credibilidade junto ao mercado interno e externo”, concluiu.

Representante de entidades e empresas do agronegócio | Foto: Abrapa

Representante de entidades e empresas do agronegócio | Foto: Abrapa

O programa SBRHVI, bem como outros projetos da Abrapa e associadas estaduais, contam com recursos provenientes do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).

O que é o SBRHVI:
Standard Brasil HVI (SBRHVI) é o programa que tem como objetivo garantir o resultado de origem e, consequentemente, dar credibilidade e transparência para os resultados de análise de HVI realizados pelos laboratórios de classificação instrumental que operam no Brasil.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.