Rui reúne 34 prefeitos e 15 deputados para lutar contra câncer de mama

O governador Rui Costa reuniu 34 prefeitos baianos, 13 deputados estaduais e 2 deputados federais durante a assinatura de acordo com o Instituto Avon, voltado ao fortalecimento do combate ao câncer de mama na Bahia, na manhã da terça-feira (12). Entre eles, estavam os prefeitos de Teixeira de Freitas, Temoteo Brito; de Riacho de Santana, […]

Em 13/06 de 2018

O governador Rui Costa reuniu 34 prefeitos baianos, 13 deputados estaduais e 2 deputados federais durante a assinatura de acordo com o Instituto Avon, voltado ao fortalecimento do combate ao câncer de mama na Bahia, na manhã da terça-feira (12). Entre eles, estavam os prefeitos de Teixeira de Freitas, Temoteo Brito; de Riacho de Santana, Alan Vieira; de Caravelas, Sílvio Ramalho; de Itiruçu, Lorenna Di Gregorio; e de Ubaitaba, ‎Sueli Carneiro.

“A Bahia quer continuar em primeiro lugar no rastreamento do câncer de mama. Teremos mais quatro unidades móveis para realização de exames para prevenção ao câncer de mama e ao câncer de colo do útero nos municípios. Além disso, o Instituto Avon e o Hospital da Mulher assumem, nas policlínicas, a parte de diagnóstico. Estamos, portanto, montando uma rede de assistência à mulher”, explicou Rui.

Serão investidos R$ 12 milhões pelo instituto na implantação e operação do Programa de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e Mama na Bahia. Como contrapartida, o Estado arcará com a manutenção de unidades fixas e móveis, ao custo superior a R$ 16 milhões por ano.

Fonte: Secom Bahia | Foto: Manu Dias/Govba

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.