Projeto Via Sacra da Vila Amorim pode se tornar patrimônio cultural imaterial

Silvania Costa A Tribuna Popular desta quarta-feira, 15, foi ocupada pela comunidade São Francisco de Assis, do bairro Vila Amorim, que usou o espaço para apresentar uma sinopse do projeto Via Sacra ao Vivo que é realizado todos os anos na Sexta-feira Santa com o objetivo de evangelizar por meio da encenação da Paixão de […]

Em 16/03 de 2017

Silvania Costa

Carlos Augusto Brito, membro do Conselho Administrativo da Comunidade São Francisco de Assis, do bairro Vila Amorim | Foto: Silvania Costa

Carlos Augusto Brito, membro do Conselho Administrativo da Comunidade São Francisco de Assis, do bairro Vila Amorim | Foto: Silvania Costa

A Tribuna Popular desta quarta-feira, 15, foi ocupada pela comunidade São Francisco de Assis, do bairro Vila Amorim, que usou o espaço para apresentar uma sinopse do projeto Via Sacra ao Vivo que é realizado todos os anos na Sexta-feira Santa com o objetivo de evangelizar por meio da encenação da Paixão de Cristo.

O projeto acontece há trinta e cinco anos e faz uma junção de cultura e fé ao relembrar a história e a ida de Jesus ao calvário. Por considerar o tempo do trabalho feito pelos participantes e a importância de manter a tradicional manifestação religiosa, a comunidade São Francisco de Assis pediu o reconhecimento e o apoio da Câmara de Vereadores para que o evento entre para o calendário do município.

A Tribuna Popular foi ocupada por Carlos Augusto Brito, membro do Conselho Administrativo da comunidade e contou com a participação de diversos moradores que ficaram satisfeitos e confiantes quando o presidente da Câmara, Gilson Rodrigues, afirmou que a Mesa Diretora vai protocolar um projeto fazendo com que a encenação da Via Sacra ao Vivo, torne-se Patrimônio Cultural Imaterial de Barreiras e que faça parte do calendário.

A iniciativa do presidente Gilson Rodrigues teve o apoio dos demais vereadores que consideram a importância do projeto para a sociedade, ao destacarem que este é um meio de envolvimento e ocupação, em especial, para a juventude, afastando os adolescentes da violência e das drogas. Por isso, uma Moção de Aplauso, de iniciativa do vereador João Felipe, foi concedida à comunidade.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.