Professores que inspiram são figuras mais relevantes em sala de aula

Nathalia Di Oliveira | Comuniquese Segundo Cláudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, é importante que os educadores sejam guias do conhecimento A dinâmica clássica entre educadores que transmitem o conteúdo e alunos passivos vem caindo em desuso, por isso, muito se discute sobre a nova figura do professor. Com a educação ressignificando os […]

Em 23/04 de 2019

Nathalia Di Oliveira | Comuniquese

Segundo Cláudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, é importante que os educadores sejam guias do conhecimento

A dinâmica clássica entre educadores que transmitem o conteúdo e alunos passivos vem caindo em desuso, por isso, muito se discute sobre a nova figura do professor. Com a educação ressignificando os papéis, um dos caminhos para se tornar relevante em sala de aula é inspirar os estudantes. Para Cláudio Falcão, diretor do Sistema de Ensino pH, essa inspiração não precisa ser necessariamente para uma carreira. “Mais do que propriamente em relação a uma profissão específica, ele pode influenciar uma postura e uma visão de mundo”, comenta.

Falcão também aponta a importância da contextualização da matéria com o mundo atual. “Quando contextualizamos a aula, o conteúdo passa a ganhar um sentido que vai além e torna-se um saber relacionado ao mundo real”. Como os alunos constantemente perguntam a utilidade das matérias aos docentes, isso se torna um diferencial do educador. “Se ele consegue mostrar que aquele aprendizado faz parte do cotidiano e da realidade em que a turma vive, a matéria passar a fazer sentido”, explica Falcão.

Outra atitude que é bem-vinda no ambiente escolar é a postura, tanto na sala de aula como em relação à sociedade. “Ela transcende a matéria e mostra comprometimento com o processo da educação e com o que está sendo feito. Pode ser um grande referencial para os estudantes”. Compromisso com os prazos, com os horários de início e fim das aulas e com os combinados feitos com as turmas são alguns dos posicionamentos que ajudam a aproximar o relacionamento em sala de aula.

É válido ressaltar que o professor não serve apenas para passar a matéria, mas também para aplicá-la e ser um condutor do conteúdo. No material do Sistema de Ensino pH, por exemplo, o educador recebe sugestões de situações problema e de atividades que acrescentam no aprendizado. “É fundamental que a escola desenvolva projetos interdisciplinares que possam levar uma reflexão que vá muito além da sala de aula”, conclui.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.