Prefeitura de Cristópolis e Sebrae: Parceria levará Empreendedorismo para o Ensino Fundamental no município

Virgília Vieira O município de Cristópolis acaba de ser aprovado no Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP. O resultado da aprovação saiu terça-feira, 28, após a Secretaria Municipal de Educação se inscrever no edital e mandar a sua proposta para o Sebrae. “A nossa equipe soube dessa possiblidade e não mediu esforços para se […]

Em 30/03 de 2017

Virgília Vieira

Foto: Reprodução http://static.panoramio.com

Foto: Reprodução http://static.panoramio.com

O município de Cristópolis acaba de ser aprovado no Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP. O resultado da aprovação saiu terça-feira, 28, após a Secretaria Municipal de Educação se inscrever no edital e mandar a sua proposta para o Sebrae. “A nossa equipe soube dessa possiblidade e não mediu esforços para se inscrever. Este ano teremos duas escolas no programa, o Colégio Municipal São Pedro e Colégio Municipal Olegário Ferreira de Oliveira”, informou o secretário de Educação, Flávio Vasco.

O JEPP tem como objetivo a fomentação do empreendedorismo, proporcionando a prática, estudo e debate na sala de aula, desde o início do ensino fundamental. Ao todo, são nove cursos, com um tema para cada ano. Além da capacitação, o programa oferece material didático, que poderá ser aplicado de acordo com o currículo do ensino fundamental.

A educação empreendedora proposta pelo Sebrae, através do JEPP, incentiva os alunos na busca do autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. Com uma proposta pedagógica voltada para atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.

O curso – A visão do Programa vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco: ‘Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos’; ‘Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente’; ‘Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas’; e ‘Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes’. Dessa forma, o curso, aliado a um ambiente propício à aprendizagem, favorece o envolvimento dos jovens estudantes no próprio ato de fazer, pensar e aprender. Essas são características fundamentais dos comportamentos empreendedores, nos quais o estudante e o grupo em que está inserido reconhecem que suas contribuições são importantes e valorizadas.

No oeste baiano, além de Cristópolis, o município de Wanderley também teve a sua proposta aprovada.

Ascom – Prefeitura de Cristópolis (Com informações do site do Sebrae)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.