Prefeitura de Cristópolis e Codesvasf são investigadas por uso indevido da máquina pública em obra

Com informações do BNews O Ministério Público Federal (MPF) investiga suposto uso indevido da máquina pública em benefício de uma empresa contratada pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codesvasf), através de processo licitatório aberto pela prefeitura de Cristópolis, oeste baiano, para obras de pavimentação com paralelepípedos no município. O caso foi denunciado […]

Em 10/05 de 2019

Com informações do BNews

O Ministério Público Federal (MPF) investiga suposto uso indevido da máquina pública em benefício de uma empresa contratada pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codesvasf), através de processo licitatório aberto pela prefeitura de Cristópolis, oeste baiano, para obras de pavimentação com paralelepípedos no município. O caso foi denunciado por vereadores da cidade.

De acordo com portaria do MPF, publicada na quarta-feira (8), e assinada pelo procurador da República, Rafael Guimarães Nogueira, o órgão federal vai apurar se houve uso de uma máquina niveladora e de funcionários da prefeitura em serviços licitados pela companhia.

Procurada, a Codevasf informou que ainda não foi notificada a respeito da denúncia. Esclareceu ainda que “licitou a obra conforme a legislação vigente e que a fiscalização dos serviços também está sendo realizada de acordo com a lei e os termos do contrato”.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.