Prefeitura de Barreiras participará do Conselho Gestor da APA do Rio de Janeiro

Michela Rodrigues | Dircom Barreiras A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo – Sematur juntamente com a Secretaria Municipal de Agricultura, Tecnologia, Indústria e Comércio-Sematic estarão representando o poder público de Barreiras, na composição do Conselho Gestor da APA da Bacia do Rio de Janeiro. A escolha foi resultante da Plenária Eleitoral realizada pelo […]

Em 02/05 de 2017

Michela Rodrigues | Dircom Barreiras

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo – Sematur juntamente com a Secretaria Municipal de Agricultura, Tecnologia, Indústria e Comércio-Sematic estarão representando o poder público de Barreiras, na composição do Conselho Gestor da APA da Bacia do Rio de Janeiro. A escolha foi resultante da Plenária Eleitoral realizada pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema, para escolha dos membros do Conselho Gestor, que aconteceu na última quinta-feira, 26, no Campus IX – UNEB/Barreiras.

O conselho gestor é um fórum qualificado para tratar das questões ambientais, sociais, econômicas, culturais e políticas da área ambiental, constituídas por representantes dos órgãos públicos, de organização da sociedade civil, do setor produtivo e pela população residente, assegurando sempre que possível, a participação paritária desses segmentos, e sendo presidido pelo órgão gestor da APA.

A APA da Bacia do Rio de Janeiro é uma unidade de conservação localizada entre os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que tem como objetivo ordenar e disciplinar as atividades humana, proteger a diversidade biológica, valorizar as belezas naturais e incentivar o turismo ecológico. Essa área ambiental ocupa aproximadamente 350 mil hectares, e engloba toda a bacia hidrográfica do Rio de Janeiro, desde a sua nascente, situada nas proximidades da Serra Geral, fronteira natural dos estados da Bahia e do Tocantins, até a sua confluência com o Rio Branco.

Novo conselho gestor da APA
O subsecretário Demósthenes Júnior será o representante da Sematur como membro titular no Conselho, tendo como seu suplente o técnico ambiental Ronaldo Ursulino. A Sematic será representada pela engenheira agrônoma Lucy Lopes Será e a suplente assessora técnica Manoela Araújo Maia.

As demais cadeiras do setor público serão ocupadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura do município de Luís Eduardo Magalhães. O poder público estadual ficará a cargo do Inema, Embasa, CAR, UNEB e Bahiater, e o IFBA representará a esfera federal. Os demais conselheiros serão os empreendedores locais e a sociedade civil, também eleitos no processo eleitoral.

Para o subsecretário da SEMATUR, o mais importante papel do Conselho Gestor é contribuir para a proteção da unidade de conservação, acompanhando e opinando sobre seu funcionamento. “O Conselho Gestor tem o papel de acompanhar a elaboração do plano de manejo da APA, compatibilizar e aperfeiçoar os interesses dos diversos segmentos sociais, e além disso se manifestar sobre obra ou atividade potencialmente causadora de impacto na unidade de conservação”, ressaltou Demósthenes.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.