População de Barreiras é sensibilizada para garantir funcionamento da rede de esgoto

Ascom Embasa (UNB) Em ação focada junto aos moradores dos residenciais Barreiras I e Arboreto I e II, em Barreiras, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) realizou no final do mês passado uma mobilização para diminuir o despejo de lixo na rede de esgoto pela população A equipe social da empresa entregou durante […]

Em 27/06 de 2014

Ascom Embasa (UNB)

Moradoras Cristina dos Santos e Ana Keila de Araújo Bonfim do Arboreto I

Moradoras Cristina dos Santos e Ana Keila de Araújo Bonfim do Arboreto I

Em ação focada junto aos moradores dos residenciais Barreiras I e Arboreto I e II, em Barreiras, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) realizou no final do mês passado uma mobilização para diminuir o despejo de lixo na rede de esgoto pela população A equipe social da empresa entregou durante dois dias,em cerca de 700 imóveis, material educativo com dicas práticas para que a população apóie a manutenção da rede evitando entupimento e extravasamento nas instalações internas dos imóveis e na rede de esgoto.

A autônoma Ana Keila de Araújo Bonfim, 31, moradora do Arboreto I, acredita que a ação é válida pois muitos moradores não sabem que qualquer tipo de lixo como fio dental, cotonete e até fios de cabelo podem entupir a rede. “Eu separo até o óleo da cozinha para uma amiga fazer sabão. É uma questão de rotina e hábito e que todos precisam se adaptar ao ter a rede de esgoto”, diz. O objetivo da ação, segundo a assistente social, Geisa Mendes, é alertar os moradores dos bairros onde é prestado o serviço de coleta e tratamento do esgoto sobre as conseqüências do mau uso da rede de esgoto.

“Ao jogar lixo na rede o morador pode causar um entupimento e o retorno do esgoto para a própria casa e na rua, causando incômodos como mau cheiro e doenças”. Segundo a Embasa, a limpeza e desentupimento vêm sendo realizados a cada dois dias nestes bairros e já foram encontrados em trechos da rede de esgoto grandes quantidades de pano, fraldas descartáveis e até pedaços de madeira.

A proprietária do salão de beleza, Cristina dos Santos, 35, que também mora no Arboreto I, concorda que a população precisa se conscientizar de que ao jogar lixo na rede de esgoto vai prejudicar o próprio bairro. “Uma das vantagens de ter a rede é não ter o mau cheiro e o esgoto passando na porta das casas. Ao deixar de jogar o lixo na rede, contribuímos para o nosso bem estar. Quando entope o esgoto é preciso quebrar até a rede interna causando muito transtorno”.

Embora a manutenção do sistema de esgoto seja de responsabilidade da concessionária o gerente da Embasa em Barreiras, Marcos Rogério Moreira, acredita que é dever da população cuidar e manter o bom funcionamento da rede de esgoto. “Deixar de jogar lixo na rede é o principal forma de manter a rede de esgoto em perfeitas condições”, afirma. Em caso de entupimentos e extravasamentos, a Embasa recomenda à população comunicar pelo teleatendimento 0800 0555 195 ou se dirigindo à loja de atendimento mais próxima.

02

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.