Patrulha Mecanizada recupera estrada e finaliza obra de ponte, na comunidade de Nova Esperança

Os agricultores baianos mantêm o Programa Patrulha Mecanizada que no último ano, recuperou um total de 500 km de estradas

Em 21/05 de 2020

Assessoria de Imprensa da Abapa | Araticum Comunicação

Durante três dias, equipes do Programa Patrulha Mecanizada da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) redirecionaram esforços para recuperar um trecho de 12 km que liga a BR 020 à comunidade de Nova Esperança, em Barreiras. Ao final do percurso, foi construída uma nova ponte que dá acesso também a outras localidades e fazendas produtoras da região do Rio de Pedras. A obra da ponte foi executada pela Prefeitura de Barreiras em parceria com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), a Abapa, contribuiu com os ajustes finais das cabeceiras, fazendo o nivelamento, aterramento e compactação para liberar o tráfego.

Ao visitar a ponte, o prefeito Zito Barbosa destacou que um total de R$ 600 mil foram investidos na obras, em parceria com a Aiba. “A prefeitura financiou 50% do valor e a outra metade foi bancada pela associação. Destaco ainda o papel da Abapa que cedeu sua frota para melhorar o acesso e as cabeceiras da ponte. Parceiras fundamentais para o desenvolvimento de Barreiras”, disse.

Para realizar as obras de melhoria da estrada e finalização da ponte, a Abapa destinou uma retroescavadeira, dois carros pipa, uma pá carregadeira e três caçambas, que integram o Patrulha Mecanizada, além de profissionais e técnicos. “Existia uma ponte construída há 38 anos mas que estava em condições precárias, a nova ponte foi erguida dois metros acima da anterior isso fez com que as cabeceiras ficassem mais altas e demandassem aterramento. A Abapa fez este trabalho e ainda melhorou significativamente a estrada de acesso, pedimos e prontamente fomos atendidos”, diz o vice-presidente da Aiba, Odacil Ranzi.

Na região do Rio de Pedras as fazendas produtoras respondem por cerca de 22 mil hectares cultivados com grãos, algodão e pecuária de corte, que isolada, concentra oito mil cabeças em regime de confinamento. Além disso, áreas menores dedicadas ao cultivo de hortaliças, mandioca e criação de peixes mantém 45 famílias em atividade. A estrada de acesso e a ponte são imprescindíveis para o escoamento destes itens e ainda, para garantir o transporte de insumos, maquinários e o ir e vir dos próprios moradores.

“Apesar do momento de grande preocupação com a saúde das pessoas, não podemos descuidar de nosso trabalho no campo. E foi assim com as obras de melhoria da estrada e da ponte na região do Rio de Pedras. O trabalho foi executado sempre observando os cuidados básicos de higiene e saúde de nossos colaboradores. Dessa forma vamos mantendo o Patrulha Mecanizada em ação garantindo melhor trafegabilidade, acessos e escoamento da produção agrícola do Oeste”, destaca o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato.

Sobre o Patrulha Mecanizada – Com foco voltado para a pavimentação de estradas vicinais, os agricultores baianos mantêm o Programa Patrulha Mecanizada que somente no último ano, recuperou um total de 500 km de estradas. Além de garantir a trafegabilidade nas estradas, é preciso destacar uma intervenção em especial, a pavimentação asfáltica de um trecho de 40 km da rodovia Rio Grande; e de 33 km da Estrada da Soja, ambas em São Desidério, na região agrícola do oeste baiano. Criado e executado desde 2013, o Patrulha Mecanizada já recuperou cerca de 2,5 mil km de estradas.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.