Parlamentares nordestinos terão dificuldade em votar a favor da Reforma da Previdência, afirma senadora

Gabriel Carvalho A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) avalia que dificilmente os parlamentares da Região Nordeste votem em bloco a favor da Reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer. A afirmação foi feita durante um encontro com um grupo de 400 estudantes da Faculdade Maurício de Nassau, em Salvador, na noite dessa quinta-feira […]

Em 18/03 de 2017

Gabriel Carvalho

Senadora Lídice da Mata: "a Reforma da Previdência sacrifica, principalmente os trabalhadores que ganham um salário mínimo" | Foto: Divulgação

Senadora Lídice da Mata: “a Reforma da Previdência sacrifica, principalmente os trabalhadores que ganham um salário mínimo” | Foto: Divulgação

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) avalia que dificilmente os parlamentares da Região Nordeste votem em bloco a favor da Reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer. A afirmação foi feita durante um encontro com um grupo de 400 estudantes da Faculdade Maurício de Nassau, em Salvador, na noite dessa quinta-feira (16).

De acordo com a socialista, a Reforma “começa a fazer água”, pois os parlamentares, sobretudo do Nordeste, temem a reação popular. “Embora, (deputados e senadores governistas) tenham desqualificado as manifestações que ocorreram no País, eles reconheceram internamente a força dos protestos, sobretudo em cidades menores”, disse Lídice ao ressaltar as movimentações em municípios com menos de 500 mil habitantes.

Para a parlamentar, a Reforma da Previdência sacrifica, principalmente os trabalhadores que ganham um salário mínimo, que correspondem, em muitos lugares do interior da Bahia e do Nordeste, a maioria esmagadora da população.

Em sua palestra, Lídice da Mata também falou sobre a importância do Ensino Superior para as mulheres que chegam a estudar mais tempo que os homens, mas ainda ganham salários menores. “A mulher chega a ter uma tripla jornada e acabam ganhando muito menos, pois muitas delas são as principais fontes de sustento de milhões de famílias brasileiras”, finalizou.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.