Para enfrentar calor, jovem vai ao trabalho com vestido da mãe

Fernando Moreira | O Globo A onda de calor (em torno de 33ºC – fraco, para os padrões brasileiros, é verdade) está deixando os britânicos em polvorosa. Muitos casos de desidratação estão sendo relatados em hospitais da rede pública do Reino Unido. Para se refrescar, na última segunda-feira (19/6), Joey Barge, de 20 anos, resolveu […]

Em 01/08 de 2017

Fernando Moreira | O Globo

Por causa do calor, Joey Barge foi trabalhar de bermuda | Reprodução/Twitter(@jBarge_)

A onda de calor (em torno de 33ºC – fraco, para os padrões brasileiros, é verdade) está deixando os britânicos em polvorosa. Muitos casos de desidratação estão sendo relatados em hospitais da rede pública do Reino Unido. Para se refrescar, na última segunda-feira (19/6), Joey Barge, de 20 anos, resolveu ir de bermuda ao trabalho, em Aylesbury (Inglaterra).

Não foi bem recebido. Joey acabou mandado de volta para casa pelo chefe.

Revoltado com a decisão, o jovem decidiu adotar uma medida anticalor ainda mais radical: voltou ao trabalho com um vestido da mãe!

A estratégia funcionou. O chefe não pôde implicar com o vestido, já que a vestimenta é aceita para funcionárias e não poderia haver discriminação sexual.

Mais: diante da visão de Joey com vestido, a direção da empresa decidiu aceitar funcionários de bermuda. Mas só nas cores preto, azul-marinho e bege.

Joey Barge foi trabalhar com um vestido da mãe | Reprodução/Twitter(@jBarge_)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.