Moradores do Centro Histórico de Barreiras clamam por segurança

Osmar Ribeiro Vários moradores do Centro Histórico de Barreiras criaram um grupo de WhatsApp (SOS CENTRO HISTÓRICO) para debaterem sobre a segurança da vizinhança. Na manhã desta sexta-feira (23), uma comissão representativa dos moradores participou do programa de Jordan Araújo na Rádio Vale do Rio Grande, onde puderam expor suas reivindicações, chamando o poder público […]

Em 23/03 de 2018

Osmar Ribeiro

Flávio Cordeiro participando do Programa de Jordan Araújo na manhã desta sexta-feira (23) na Rádio Vale do Rio Grande | Foto: Reprodução

Vários moradores do Centro Histórico de Barreiras criaram um grupo de WhatsApp (SOS CENTRO HISTÓRICO) para debaterem sobre a segurança da vizinhança. Na manhã desta sexta-feira (23), uma comissão representativa dos moradores participou do programa de Jordan Araújo na Rádio Vale do Rio Grande, onde puderam expor suas reivindicações, chamando o poder público à responsabilidade.

Dentre os problemas vividos pela população do local, está a falta de segurança, o consumo de drogas, até mesmo à luz do dia, o grande número de andarilhos, roubos e assaltos constantes e, para tentar resolver o problema, moradores e comerciantes convocam uma reunião para a próxima segunda-feira (26), às 18h30, na Igrejinha de Santa Terezinha, para discutir os problemas da região e eleger uma comissão que irá buscar soluções junto ao poder público. “Vamos nos unir para restaurar a segurança do centro histórico de Barreiras. O centro de Barreiras é a casa das almas que lutaram pelo crescimento da nossa cidade. As ruas de centro histórico lembram das almas boas que já partiram para outras esferas”, relata Flávio Cordeiro, morador do centro histórico.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.