Ministério Público e Secretaria de Educação reúnem-se para tratar de melhorias na educação baiana

Com informações da Secom/MP | Foto: Claudionor Jr A reunião foi um convite do novo gestor da pasta para apresentar ao MP propostas da Secretaria para a rede de educação na Bahia Com o objetivo de promover a interlocução permanente entre o Ministério Público do Estado da Bahia e a Secretaria Estadual de Educação (SEC), […]

Em 30/04 de 2019

Com informações da Secom/MP | Foto: Claudionor Jr

A reunião foi um convite do novo gestor da pasta para apresentar ao MP propostas da Secretaria para a rede de educação na Bahia

Com o objetivo de promover a interlocução permanente entre o Ministério Público do Estado da Bahia e a Secretaria Estadual de Educação (SEC), em busca de melhorias para todo o sistema educacional baiano, equipes dos dois órgãos reuniram-se na tarde dessa segunda-feira (29) com a procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado e o secretário de Educação Jerônimo Rodrigues.

Durante o encontro foram apresentadas as iniciativas previstas na Agenda de Aprendizagem da Bahia 2019-2022, que engloba questões como a inclusão escolar, formação continuada, integração comunidade-escola, regime de colaboração, interconexão com as instituições de ensino superior, organização curricular e avaliação da rede educacional.

Os promotores de Justiça que atuam na área de educação agradeceram a oportunidade de discutir diretamente o tema com a SEC e apontaram pontos de atenção decorrentes de demandas da população para o MP.

Dentre as definições da reunião, foi formado um grupo de trabalho das duas instituições para traçar estratégias de atuação da Secretaria para melhorias na rede educacional e sugerida a assinatura de um termo de cooperação para compartilhamento de dados.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.