Mário Sérgio do BNB participa de Seminário que discute destinação de fundos para regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Michela Rodrigues Em Brasilia, desde segunda-feira, 21, o bancário e presidente do ISFAC, Mário Sérgio representa Barreiras no “Seminário Desenvolvimento Regional, Prioridade Nacional” promovido pelas Comissões de Legislação Participativa e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Toda a tratativa foi articulada pela Associação dos Funcionários do Bando do Nordeste – AFBNB, que tem […]

Em 23/08 de 2017

Michela Rodrigues

Em Brasilia, desde segunda-feira, 21, o bancário e presidente do ISFAC, Mário Sérgio representa Barreiras no “Seminário Desenvolvimento Regional, Prioridade Nacional” promovido pelas Comissões de Legislação Participativa e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Toda a tratativa foi articulada pela Associação dos Funcionários do Bando do Nordeste – AFBNB, que tem como objetivo a redução das desigualdades regionais e sociais, além da promoção de programas de financiamento para os setores produtivos do Nordeste.

O encontro que encerrado ontem, 22, serviu exatamente para que fossem debatidos temas como “o fortalecimento dos órgãos regionais de desenvolvimento, a democratização e consolidação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste, a destinação dos fundos setoriais para o incentivo à pesquisa e desenvolvimento tecnológico e o encaminhamento de uma nova lei para a Política Nacional de Desenvolvimento Regional”, como descrito no requerimento da AFBNB a Câmara dos Deputados.

A série de debates aconteceu ao longo da terça-feira (22/08), com painéis no período da manhã e da tarde, no Auditório Nereu Ramos, no Anexo II, da Câmara dos Deputados, em Brasília. Agora, o deputado Valadares Filho irá convocar Audiência Pública cobrando posicionamento e relatório referente ao fechamento de agências de instituições públicas no Nordeste.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.