Marcha das Caliandras em Barreiras: pelo fim da violência contra a mulher!

O Junho Feminista surgiu a partir do caso de estupro coletivo ocorrido no Rio de Janeiro em maio deste ano e visa conscientizar as pessoas sobre as diferentes situações de violência que limitam e impõem barreiras à vida das mulheres. Em Barreiras, inúmeras organizações da sociedade civil e de instituições de ensino e universidades reuniram […]

Em 28/06 de 2016

Marcha-das-Caliandras-em-Barreiras-01O Junho Feminista surgiu a partir do caso de estupro coletivo ocorrido no Rio de Janeiro em maio deste ano e visa conscientizar as pessoas sobre as diferentes situações de violência que limitam e impõem barreiras à vida das mulheres.

Em Barreiras, inúmeras organizações da sociedade civil e de instituições de ensino e universidades reuniram esforços e realizaram durante o mês de junho: entrevistas em rádios, entrevista para o programa “Contextualizando Brasil” (TV Câmara), colagem de cartazes, roda de conversa, atos-debates, cine debate para problematizar a cultura do estupro e a violência contra as mulheres.

O encerramento deste Junho Feminista será através da Marcha das Caliandras, referência à flor do cerrado e acontece na próxima quarta-feira, 29 de junho, com concentração às 15h30 em frente à Câmara Municipal e rumo à Praça Castro Alves.

O objetivo é unir esforços para enfrentar todas as formas de violência contras as mulheres. Leve o seu cartaz, a sua reivindicação, o seu relato e vá marchar, pois a violência contra as mulheres é uma violência contra toda a sociedade.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.