I Fórum do Conselho de Defesa dos Direitos da Mulher acontece nesta quinta e sexta-feira em Luís Eduardo Magalhães

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito realiza nos dia 14 e 15 de março, o I Fórum do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, com o tema “Lugar de Mulher é onde ela quiser”. O evento acontece no Centro Cultural, a partir das […]

Em 13/03 de 2019

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito realiza nos dia 14 e 15 de março, o I Fórum do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, com o tema “Lugar de Mulher é onde ela quiser”. O evento acontece no Centro Cultural, a partir das 14h, com o credenciamento dos participantes.

Durante os dois dias de evento, os participantes vão debater as políticas públicas destinadas a assegurar às mulheres participação e conhecimento de seus direitos como cidadã, através de palestras e rodas de conversa, como também, formarão o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM), com a indicação dos conselheiros e a eleição do presidente.

O CMDDM tem por finalidade acompanhar e monitorar, em todas as esferas da administração do município de Luís Eduardo Magalhães, Políticas Públicas sob a ótica de gênero, destinadas a garantir a liberdade e igualdade de oportunidades e direitos entre homens e mulheres, de forma a assegurar à população feminina o pleno exercício de sua cidadania.

Para o prefeito Oziel Oliveira o evento é de extrema importância para discutir os direitos fundamentais da mulher, tais como o direito à vida, igualdade, liberdade, trabalho e proteção. “Luís Eduardo Magalhães já é referência para outros municípios e estados no combate à violência doméstica, através do Programa Borboleta. Com a formação desse conselho, nós vamos consolidar e expandir ainda mais as atividades voltadas às mulheres”.

Ascom | Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.