Fábrica de calçados gera 600 empregos na Bahia

Secom Bahia Considerado o município mais importante do Recôncavo baiano, Santo Antônio de Jesus acaba de receber mais um incremento econômico. A Ramarim Calçados decidiu ampliar os negócios na Bahia e escolheu a cidade para instalar a terceira indústria do grupo no estado – as outras duas estão em Jequié. Diretores da empresa e diversas […]

Em 19/03 de 2015

Secom Bahia

01

Foto: Manu Dias/GOVBA

Considerado o município mais importante do Recôncavo baiano, Santo Antônio de Jesus acaba de receber mais um incremento econômico. A Ramarim Calçados decidiu ampliar os negócios na Bahia e escolheu a cidade para instalar a terceira indústria do grupo no estado – as outras duas estão em Jequié.

Diretores da empresa e diversas autoridades, entre elas o governador Rui Costa, participaram da inauguração da unidade na manhã desta quinta-feira, 19. “Estamos fazendo um esforço muito grande para trazer mais empresas e gerar mais empregos aos baianos. O trabalho é o que estrutura a vida humana junto com a educação. Sei da importância que é dar uma oportunidade de emprego a um jovem e ampliar a expectativa de uma família”, disse Rui Costa.

A fábrica de Santo Antônio de Jesus emprega 600 pessoas e produz 4600 pares de calçados femininos por dia; 90% da produção fica no Brasil e o restante é exportado para países como México, Venezuela, Reino Unido e Emirados Árabes. Diversos fatores contribuíram para a instalação da indústria no Recôncavo, entre elas a estrutura onde antes funcionava uma fábrica de tênis, além de incentivos fiscais.

Após a inauguração, o governador visita o Colégio Florentino Firmino de Almeida, a Escola Municipal Luis Eduardo Magalhães e o Hospital Regional Santo Antônio de Jesus.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.