Estudantes interditam BR 242 contra aumento da tarifa de coletivos em Barreiras

Textos e fotos: Ednilson do Ioeste Os estudantes secundaristas do CETEP – Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande, interditaram na manhã desta sexta-feira, 01/04, a BR 242, por volta de 16h, contra o aumento da tarifa do transporte Público de Barreiras. Além da BR 242, mais duas ruas que ligam vários […]

Em 01/04 de 2016

Textos e fotos: Ednilson do Ioeste

protesto-01Os estudantes secundaristas do CETEP – Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande, interditaram na manhã desta sexta-feira, 01/04, a BR 242, por volta de 16h, contra o aumento da tarifa do transporte Público de Barreiras.

Além da BR 242, mais duas ruas que ligam vários bairros da cidade também foram interditadas, depois os alunos percorreram em torno de seis quilômetros até chegarem à prefeitura.

Os estudantes querem que a justiça derrube o Decreto nº 164/2016, publicado no Diário Oficial edição 2208, de 22 de março de 2016, no qual a prefeitura autorizou o aumento da passagem de coletivos na área urbana de R$ 2,30 para R$ 2,80, além de uma tabela de aumento para ônibus que fazem linha para povoados em Barreiras, sendo um aumento em média na zona rural de 20%.

É a segunda vez que há a tentativa, por parte do executivo municipal, de aumentar a tarifa, sendo que da outra vez os manifestantes conseguiram vencer na justiça, impedindo o aumento. Desta vez, novamente protocolaram na justiça na tentativa de barrar novamente o aumento.

Os estudantes cobram também melhorias nos pontos de ônibus, terminais de transbordo e que a empresa VCB – Viação Cidade Barreiras, cumpra com o que foi acordado nas licitações.

Segundo os organizadores participaram em torno de 500 estudantes, mas segundo a Polícia Militar, foram apenas 300.

protesto-02 protesto-03 protesto-04 protesto-05 protesto-06

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.