Entidades esportivas do Oeste fazem reivindicações na Superintendência dos Desportos

Osmar Ribeiro* Em companhia do deputado Antonio Henrique Júnior (PP), na sexta-feira (19), Deusdete Vilas Boas, presidente da Sodesf, entidade de fomento ao esporte, e mais 37 desportistas do oeste baiano, foram recebidos na Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sedesb), pelo chefe de gabinete Everaldo Augusto e o professor Álvaro Gonçalves, assessor técnico. […]

Em 23/05 de 2017

Osmar Ribeiro*

Em companhia do deputado Antonio Henrique Júnior (PP), na sexta-feira (19), Deusdete Vilas Boas, presidente da Sodesf, entidade de fomento ao esporte, e mais 37 desportistas do oeste baiano, foram recebidos na Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sedesb), pelo chefe de gabinete Everaldo Augusto e o professor Álvaro Gonçalves, assessor técnico.

A comitiva foi em busca de subsídios para fortalecer as entidades desportivas atuantes no oeste e para isso foram apresentadas reivindicações para construção e requalificação de equipamentos esportivos e apoio técnico e financeiro para o desenvolvimento do esporte amador, principalmente o futebol, em todos os municípios da região.

Já na Federação Bahiana de Futebol (FBF), com o presidente Ednaldo Rodrigues, o vice-presidente Ricardo de Lima e a diretora do departamento de interior, Taíse Galvão, a comitiva apresentou uma pauta de reivindicações para o fortalecimento do futebol amador regional, com destaque para a questão da regularização e filiação das Ligas, incentivo para a participação das seleções no Campeonato Intermunicipal, custeio das competições municipais e investimento para implantação e requalificação dos equipamentos esportivos do oeste baiano.

O presidente Ednaldo ofereceu um almoço de confraternização, brindes de material esportivo e uma visita às instalações da Arena Fonte Nova para todos os participantes do encontro.

* Com foto e informações da Assessoria do Deputado Antonio Henrique Júnior

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.