Deputado Antonio Henrique Júnior debate importância dos recursos hídricos em evento do CREA em Barreiras

O deputado Antonio Henrique Júnior participou na quinta-feira (07), em Barreiras, da abertura do Seminário Semear a Água, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea), Frente Parlamentar Ambientalista da Bahia e Universidade Federal do Oeste (Ufob). “Esta é uma excelente oportunidade para tratarmos, de forma abrangente, das questões motivadoras da crise […]

Em 11/12 de 2017

O deputado Antonio Henrique Júnior participou na quinta-feira (07), em Barreiras, da abertura do Seminário Semear a Água, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea), Frente Parlamentar Ambientalista da Bahia e Universidade Federal do Oeste (Ufob).

“Esta é uma excelente oportunidade para tratarmos, de forma abrangente, das questões motivadoras da crise hídrica que se instalou no Brasil e, especificamente, no oeste baiano”, afirmou o parlamentar, que também propôs, junto às comissões de Meio Ambiente e da Agricultura da ALBA, uma reunião em Barreiras para tratar do tema de maneira transversal, convocando todos os atores envolvidos.

O seminário desta quinta-feira tem como foco principal o Bioma Cerrado e propõe uma abordagem de avaliação técnica ampla sobre os aspectos ecológicos, sociais e econômicos. O objetivo é refletir sobre a importância dos serviços ecossistêmicos e seu papel na oferta de serviços ambientais, a exemplo da produção de água, regulação do clima, polinização e controle de pragas.

Fonte: Ascom deputado estadual Antonio Henrique Júnior (PP)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.