Conhecendo o Campo: Ação educativa da Abapa leva alunos para conhecerem a cultura do algodão

Virgília Vieira | Ascom Abapa “Hoje eu aprendi que a agricultura são as roupas que eu uso, os alimentos que eu como, as bebidas que eu bebo. Eu não sabia que a minha roupa, o meu cobertor, o óleo que a minha mãe usa todos os dias na comida, e várias outras coisas, são feitas […]

Em 23/07 de 2016

Virgília Vieira | Ascom Abapa

“Hoje eu aprendi que a agricultura são as roupas que eu uso, os alimentos que eu como, as bebidas que eu bebo. Eu não sabia que a minha roupa, o meu cobertor, o óleo que a minha mãe usa todos os dias na comida, e várias outras coisas, são feitas de algodão. Aprendi muito, aqui”, foi o que disse Marcela Neves, de 11 anos, estudante do 6º ano, no Colégio Municipal de Aplicação Octávio Mangabeira Filho, que participou da ação educativa “Conhecendo o campo”, realizada pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), na última quarta-feira, 20, na Fazenda Modelo da Associação dos Irrigantes e Agricultores da Bahia (Aiba).

Durante a programação, os alunos vivenciaram um pouco da vida no campo | Foto: Virgília Vieira/Ascom Abapa

Durante a programação, os alunos vivenciaram um pouco da vida no campo | Foto: Virgília Vieira/Ascom Abapa

A ação levou cerca de 50 alunos, entre 10 e 13, a vivenciarem um pouco da prática do cultivo do algodão. “Essa é uma iniciativa que tem como objetivo mostrar aos alunos, um pouco do processo produtivo do algodão. Infelizmente essas crianças têm pouco contato com o campo, usam os produtos derivados da fibra, mas não conseguem associá-los à matéria-prima. Tivemos a oportunidade de mostrar um pouco dessa realidade a essas crianças, e fazê-las entender um pouquinho sobre agricultura. Agricultura tão presente e muitas vezes desconhecida, na vida desses pequenos. É importante que conheçam, e percebam, que, por exemplo, a roupa que elas estão usando, veio do algodão, que passou por todo um processo para ser produzido”, disse o presidente da Abapa, Celestino Zanella.

A programação foi dividida em dois momentos. Na primeira parte, Celestino Zanella, fez uma explanação sobre a cultura do algodão, falando de todo o processo da cultura, até o momento que sai da indústria em forma de alimentos, roupas, dentre outros. Seguida de uma visita ao Laboratório de Entomologia e Fitotecnia. Na segunda parte, os alunos conheceram o talhão de algodão, onde puderam simular uma colheita manual. De acordo com a assessora de relações institucionais, Cristiane Barilli, o resultado da atividade superou as expectativas e a Abapa continuará realizando ações educacionais com aulas de campo. “Promover atividades interdisciplinares permite que os estudantes relacionem o que é aprendido em sala de aula com as práticas cotidianas, além disso, a ação ‘Conhecendo o Campo’ mostrou como é a rotina dos profissionais que atuam no setor e as possibilidades de inserção dos jovens no mercado de trabalho”, disse.

O presidente da Abapa, fala sobre o processo de produção do algodão, do campo até às casas | Foto: Virgília Vieira/Ascom Apaba

O presidente da Abapa, fala sobre o processo de produção do algodão, do campo até às casas | Foto: Virgília Vieira/Ascom Apaba

“Essa relação sociedade e agricultura é muito importante, pois existe, entre as partes, uma interdependência que precisa ser levado em consideração, e muitas vezes, de lá, da sala de aula, não conseguimos mostrar com tanta força. Ao aproximar os nossos alunos desse contexto, instigamos o aprendizado e o conhecimento”, ressaltou a diretora do Colégio, Darilene Macedo.

Para o secretário de Educação de Barreiras, Franciney Sardeiro, são essas parcerias que somam e agregam valor à educação na sociedade. “Quando a Abapa procurou a Secretaria para essa parceria, de imediato sinalizamos como ponto positivo, pois, precisamos levar nossos alunos para outras realidades fora da sala de aula. Essa é uma ação inovadora que vai trazer grandes resultados”, destacou o secretário.

O diretor executivo do Instituto Aiba, Helmuth Kieckhöfer, falou aos alunos sobre o Programa Jovem Aprendiz na Propriedade Rural, desenvolvido na Fazenda Modelo, pelo Instituto Aiba, e os encorajou a participar do programa. “Nossas portas estão abertas para que todos vocês, após atingirem a maioridade, venham fazer parte do Programa Jovem Aprendiz, que tem como intuito desenvolver nos jovens, a vocação pela área rural”, disse Helmuth.

‘Conhecendo o Campo’ é uma iniciativa da Abapa, com apoio do Instituto Aiba, Prefeitura Municipal de Barreiras e Fundeagro.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.