Congresso da Fetag debate fortalecimento da agricultura familiar na Bahia

Viviane Cruz | Ascom Seagri   A agricultura familiar baiana, segmento que congrega 665 mil famílias rurais, aproximadamente três milhões de baianos, é o tema do 8° Congresso Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, promovido pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Bahia (Fetag-BA), iniciado nessa segunda-feira, 28, com participação do governador do […]

Em 29/07 de 2014

Viviane Cruz | Ascom Seagri
 
01A agricultura familiar baiana, segmento que congrega 665 mil famílias rurais, aproximadamente três milhões de baianos, é o tema do 8° Congresso Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, promovido pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Bahia (Fetag-BA), iniciado nessa segunda-feira, 28, com participação do governador do Estado, Jaques Wagner e do secretário Estadual da Agricultura, Jairo Carneiro, na abertura do evento. “O fomento às atividades que envolvem a agricultura familiar, sempre foram priorizadas pelo governador Jaques Wagner”, afirmou o secretário Jairo Carneiro, lembrando que este setor produz 70% dos alimentos que chegam a mesa do povo brasileiro.

O governador Jaques Wagner ressaltou o apoio dos governos estadual e federal aos trabalhadores rurais e destacou os avanços no incentivo à agricultura familiar. “Antes eram apenas seis mil trabalhadores da agricultura familiar cadastrados no programa federal Plano-Safra, por exemplo. Hoje já vamos para 355 mil. Na Bahia, o governo do Estado banca metade das cotas de adesão do plano, que cabem às prefeituras e aos agricultores, ampliando assim, o número de produtores com acesso ao programa. Isso já é um salto significativo”, lembrou o governador.

Com ampla discussão sobre o fortalecimento da agricultura familiar, reforma agrária, sucessão rural, valorização da pessoa idosa e o papel da mulher na sociedade, o congresso segue até esta quarta-feira, 30, no Hotel Sol Bahia, em Patamares. “O congresso é âmbito de debates das principais bandeiras defendidas em favor do produtor baiano. Temos um grande progresso nesta edição, visto que contamos com a participação de 42% de mulheres e a presença massiva de jovens, o que configura a renovação na zona rural, com qualificação do homem do campo, através da adoção de novas tecnologias, fortalecimento e consolidação da agricultura familiar”, destacou o presidente da Fetag, Cláudio Bastos. O evento também foi momento de celebração dos 50 anos da entidade sindical, completados em 2013.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.