Comunidade barreirense protesta contra aumento da tarifa do transporte coletivo; veja o vídeo

Osmar Ribeiro Estudantes, em sua maioria, do CETEP – Centro Territorial de Ensino Profissional, saíram às ruas na manhã desta segunda-feira (08), em protesto contra o aumento das tarifas do transporte coletivo de Barreiras, de R$ 2,80 para R$ 3,00, concedido em Decreto assinado pelo prefeito municipal na última sexta-feira (05), o que pegou de […]

Em 08/05 de 2017

Osmar Ribeiro

Estudantes fecham o trânsito na altura da Praça Castro Alves | Fotos: Osmar Ribeiro/Falabarreiras

Estudantes, em sua maioria, do CETEP – Centro Territorial de Ensino Profissional, saíram às ruas na manhã desta segunda-feira (08), em protesto contra o aumento das tarifas do transporte coletivo de Barreiras, de R$ 2,80 para R$ 3,00, concedido em Decreto assinado pelo prefeito municipal na última sexta-feira (05), o que pegou de surpresa os usuários do serviço na manhã do sábado (06).

Após passar pela Câmara, onde cobraram dos vereadores um posicionamento contrário ao decreto 108/2017, que autoriza o reajuste das tarifas do transporte coletivo da cidade, os manifestantes ganharam a Avenida Central (entre a Clériston Andrade e ACM), culminando com a manifestação na Praça Castro Alves, onde fecharam o trânsito por 20 minutos.

Veja o vídeo da manifestação na Praça Castro Alves

Outra manifestação foi convocada por estudantes, trabalhadores e populares, para as 17h de hoje, com concentração na Praça Castro Alves (Praça das Corujas). Esta manifestação terá a presença do vereador João Felipe, que no último reajuste concedido pela Prefeitura, ingressou mandado de segurança no Ministério Público contra o aumento. João considera abusivo o aumento e vai participar da manifestação, mesmo sendo da base aliada do atual governo.

Estudantes fecham o trânsito na altura da Praça Castro Alves | Fotos: Osmar Ribeiro/Falabarreiras

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.