Como o Brasil conquistou o poker online

Considerado um esporte de nicho ao início dos anos 1990, o poker cresceu ao redor do Brasil. Grande parte do sucesso do esporte das cartas por aqui pode ser atribuído a popularidade da sua modalidade online e os feitos dos brasileiros nessa versão já chamam atenção no cenário internacional. O segredo do sucesso De acordo […]

Em 13/03 de 2019

Foto por PokerNews/Divulgação “Ariel Celestino é um dos grandes nomes do poker nacional”

Considerado um esporte de nicho ao início dos anos 1990, o poker cresceu ao redor do Brasil. Grande parte do sucesso do esporte das cartas por aqui pode ser atribuído a popularidade da sua modalidade online e os feitos dos brasileiros nessa versão já chamam atenção no cenário internacional.

O segredo do sucesso
De acordo com dados divulgados pela Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH), maior entidade que representa o esporte no Brasil, o país já conta com mais de 8 milhões de jogadores.

O número atual é quase o dobro dos 4 milhões de fãs que existiam em 2012 e sugere que o esporte das cartas cresce a uma média respeitável de mais de 1 milhão de novos fãs por ano.

Uma grande parte deles se dedica a versão online e não é difícil entender os motivos pelos quais essa versão faz tanto sucesso.

A usabilidade simples e o acesso rápido que permite encontrar outros entusiastas para disputar partidas em qualquer lugar e a qualquer hora são apenas algumas das diversas vantagens proporcionadas pela internet.

A PokerStars, uma das principais plataformas disponíveis, conecta competidores nacionais com usuários de todo o mundo e uma nova versão do aplicativo acaba de ser lançada para iPhones e iPads.

Além de contar com todas as principais modalidades do esporte, como o tradicional texas hold’em e o inovador zoom, o app permite que os entusiastas tenham acesso a competições oficiais para todos os níveis.

Isso é possível pois diversos campeonatos atuais contam com etapas de classificação online, conhecidas como satélites, que complementam as físicas e aumentam o número de participantes.

Também já existem diversas competições de grande renome que são realizadas apenas através da internet. Torneios importantes como o WCOOP, o TCOOP e o SCOOP, conhecidos como “a tríplice coroa”, costumam distribuir premiações que chegam na casa das centenas de milhares de dólares e atrair inúmeros competidores.

Brasil conta com grandes nomes na modalidade
O poker brasileiro conta com diversos grandes nomes que conquistaram grandes prêmios no cenário nacional e internacional, como João Simão, André Akkari e Felipe Mojave.

Para se ter uma ideia da grandeza dos competidores nacionais, basta mencionar que apenas Simão conquistou mais de US$ 4,5 milhões em torneios online, incluindo uma série de vitórias nos eventos WCOOP, TCOOP e SCOOP para capturar a já mencionada tríplice coroa.

Poker baiano nos holofotes
O poker baiano também conta com diversas estrelas e a maior delas é o atleta Ariel “ArielBahia” Celestino. De acordo com o respeitado ranking da PocketFives, o competidor conquistou a posição de 27º melhor em 2011 e desde então não parou de brilhar nas mesas de feltro virtuais.

Durante o ano de 2018, ele foi o primeiro colocado no SCOOP de 2018 e no disputado Turbo Series, dois campeonatos online com altos níveis de dificuldade e milhares de oponentes.

Celestino também se destaca na versão ao vivo e no início de 2019 ele acabou de cravar a primeira posição no ranking Player of The Year Brasil 2019 do Global Poker Index (GPI), que reúne os melhores competidores do cenário nacional.

Para conseguir o incrível feito, o atleta teve que vencer três ITMS e duas mesas finais da primeira etapa da Temporada 2019 do Brazilian Series Of Poker (BSOP), modalidade equivalente ao campeonato brasileiro de futebol.

Outro competidor baiano com grandes resultados é Ricardo “Rick7BR” Veloso. Em 2018 o atleta venceu milhares de oponentes para ganhar o Evento #34-L (US$ 5,50 No Limit Hold’em 6-Max Progressive K.O.).

Além de vencer mais de 27 mil oponentes, um dos maiores fields da história do poker online, o atleta ainda teve que superar o veterano “Miauzão” para fazer jus ao prêmio de aproximadamente dez mil dólares.

Outra estrela promissora do poker baiano na versão online é o jovem soteropolitano Leonardo Mattos.

Assim como João Simão, o atleta também conquistou a “tríplice coroa” da modalidade online, mas o seu feito é ainda mais impressionante quando se leva em conta que Mattos tinha apenas 19 anos na época.

O atleta ainda possui uma longa carreira profissional pela frente e suas conquistas devem aumentar cada vez mais e encher o poker baiano de orgulho.

Futuro promete grandes conquistas
Diversas modalidades que eram consideradas alternativas conquistam cada vez mais espaço no Brasil. Com um número crescente de competidores, premiações importantes no cenário internacional e o surgimento de talentos nacionais, o futuro do poker online no país não poderia ser mais promissor.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.