Comissão de Agricultura da ALBA realiza sessão itinerante na Bahia Farm Show

Silvânia Costa Dar mais atenção ao Agronegócio. Este é o objetivo dos deputados que compõem a comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa. Com a presença do prefeito de Luís Magalhães, Humberto Santa Cruz, o presidente da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato, de agricultores, representantes de associações e sindicatos, os […]

Em 04/06 de 2015

Silvânia Costa

Foto: Silvânia Costa/Falabarreiras

Foto: Silvânia Costa/Falabarreiras

Dar mais atenção ao Agronegócio. Este é o objetivo dos deputados que compõem a comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa. Com a presença do prefeito de Luís Magalhães, Humberto Santa Cruz, o presidente da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato, de agricultores, representantes de associações e sindicatos, os deputados estaduais Antonio Henrique Junior, Pablo Barroso, Eduardo Sales, Luís Augusto, Marquinhos Viana, Gica Lopes e Victor Bonfim, presidente da comissão, se propuseram a discutir sobre as dificuldades enfrentadas pelo setor. A sessão itinerante foi realizada, hoje, 03, durante a realização da Bahia Farm Show.

A pauta de discussão levantada pela AIBA diz respeito à concessão das outorgas de água. Os produtores se queixam da demora para a liberação dos processos, que na maioria dos casos só ficam prontos após um ano, ou mais. Além de agilizar a concessão das outorgas, também querem que o governo estude a possibilidade de aumentar a distância entre os poços artesianos, para que mais áreas sejam irrigadas. “Viemos para ouvir, e juntos, vamos procurar soluções para estes entraves. Aqui estão presentes deputados de todas as regiões, demonstrando a preocupação com esta região, importante para todo o estado”, frisou o presidente da comissão, Victor Bonfim.

Foto: Silvânia Costa/Falabarreiras

Foto: Silvânia Costa/Falabarreiras

Outros assuntos foram debatidos durante a sessão, levantados pelos próprios deputados, presidentes de associações e produtores. Destacaram que é preciso discutir junto ao governo federal os constantes aumentos de energia, houve crítica quanto à cobrança da bandeira vermelha para os agricultores, o atraso das obras da ferrovia oeste-leste, a falta de estrutura de alguns trechos das BRs 020 e 242 e a segurança no campo. A partir desta reunião a pretensão dos membros da comissão de agricultura é procurar meios que ajudem a alavancar ainda mais o desenvolvimento da região.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.