Câncer de próstata; orientar para prevenir

Thianne Lira | Ascom HO Após o Outubro Rosa, uma campanha destinada à prevenção do câncer de mama, o Novembro Azul alerta para a conscientização do câncer de próstata. No Hospital do Oeste, durante todo o mês foram realizadas ações com o intuito de informar os colaboradores, como a distribuição de laços, debate sobre o […]

Em 14/12 de 2017

Thianne Lira | Ascom HO

Após o Outubro Rosa, uma campanha destinada à prevenção do câncer de mama, o Novembro Azul alerta para a conscientização do câncer de próstata. No Hospital do Oeste, durante todo o mês foram realizadas ações com o intuito de informar os colaboradores, como a distribuição de laços, debate sobre o tema e a realização de consultas de urologia.

Com o tema ‘Masculinidade e Saúde do Homem’, durante a palestra realizada pelo urologista Frederico Bertolini, o foco foi para a prevenção ao câncer de próstata, como evitá-lo e a melhor maneira de tratar o problema. “Muitas pessoas deixam para procurar o médico apenas quando a doença já está avançada, em muitos desses casos, se o paciente tivesse as medidas preventivas não seria acometido pelo problema”, comentou o urologista.

“A palestra serviu de alerta, muitos de nós ainda não temos idade para e realização dos exames que detectam e podem evitar o surgimento do câncer de próstata, mas temos familiares mais velhos e amigos que precisam ser orientados”, comentou o técnico de segurança, Marcio Souza.

Fique sabendo!
No Brasil, o câncer de próstata é o segundo tumor que mais mata os homens, perdendo apenas para o câncer de pulmão, e representa cerca de 4 em cada 10 cânceres que atingem a população masculina brasileira com mais de 50 anos de idade.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.