Autorizados concuros na Anac, ANP e ANS

ATarde O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou por meio das portarias nº 235, 236 e 237 publicadas no “Diário Oficial da União”, de quarta-feira, 24, a realização dos concursos da Agência da Saúde Suplementar (ANS), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis […]

Em 27/06 de 2015

ATarde

Anac é a agência com mais vaga: são 150 | Foto: Reprodução politica.estadao.com.br

Anac é a agência com mais vagas: são 150 | Foto: Reprodução politica.estadao.com.br

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou por meio das portarias nº 235, 236 e 237 publicadas no “Diário Oficial da União”, de quarta-feira, 24, a realização dos concursos da Agência da Saúde Suplementar (ANS), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), totalizando 286 vagas para níveis médio e superior. Segundo a portaria, os editais devem ser publicados até dezembro deste ano.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) será a que terá mais cargos: 150. Serão 65 vagas para especialista em regulação de aviação civil (nível superior), 25 para analista administrativo (nível superior), 45 para técnico em regulação de aviação civil (nível médio) e 15 para técnico administrativo (nível médio). Já a Agência da Saúde Suplementar (ANS) terá concurso para 102 cargos, sendo 36 para técnico em regulação de saúde suplementar e 66 para técnico administrativo.

Por fim, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) terá 34 cargos, sendo 14 vagas para técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural e 20 para técnico administrativo.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.