Assistência social dá continuidade às ações de combate à violência contra a mulher

Com ampla programação voltada ao público feminino no mês de março, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho realiza nesta quinta-feira, 22, e sexta-feira, 23, palestras sobre a importância da mulher na sociedade sempre focando no combate à violência doméstica. Às 08:00 horas, as normas contidas na Lei nº. 11.340/2006, a chamada Maria Penha, […]

Em 22/03 de 2018

Com ampla programação voltada ao público feminino no mês de março, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho realiza nesta quinta-feira, 22, e sexta-feira, 23, palestras sobre a importância da mulher na sociedade sempre focando no combate à violência doméstica.

Às 08:00 horas, as normas contidas na Lei nº. 11.340/2006, a chamada Maria Penha, foi o tema da palestra do Advogado Jandimário Teixeira, nas dependências do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS.

A manhã foi de muita informação também no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS I, situado no Bairro Santa Luzia, a coordenadora Fabíola Bonfim, do Centro de Referência de Atendimento à Mulher – CRAM, apresentou os serviços oferecidos na rede de proteção social do município, também esclareceu sobre a Lei Maria da Penha e destacou a importância da autonomia feminina.

“No CRAM, contamos com uma equipe treinada e composta por assistente social, psicóloga e advogada em que ajudamos a estabelecer estratégias para que a mulher rompa com esse ciclo de violência. Lá, se necessário, os homens também poderão receber atendimento e aconselhamento”, explicou Fabiola.

Quem passou pelo CRAS I, que atende todo ano milhares de usuários da rede, também encontrou serviços de beleza, orientação sobre os programas sociais disponíveis, música, aula de zumba e uma palestra especial sobre o papel da mulher no âmbito militar, realizada em parceria com o Corpo de Bombeiros. “Sempre que preciso venho aqui, vim em busca de atendimento do Bolsa Família, encontrei toda essa programação e resolvi ficar. Está tudo muito bom”, disse a dona de casa Carleonita Mota.

No dia 23, sexta-feira, o cronograma de atividades seguirá no CRAS II, do Bairro Morada da Lua às 8h30 e na Escola Municipal do Riachinho, às 9h30min.

Fonte: Dircom Barreiras

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.