Assembleia prorroga mandato de Diretoria do Sindsemb

Os servidores filiados ao SINDSEMB decidiram prorrogar, até a decisão de mérito do processo judicial que tramita na Justiça do Trabalho de Barreiras, o mandato da diretoria anterior. A decisão foi tomada durante Assembleia Geral Extraordinária realizada na tarde da quinta-feira (20), na sede da entidade. Após a assembleia ratificar a convocação, deliberou-se pela prorrogação […]

Em 26/10 de 2016
Carmélia da Matta e Katiuscia Carvalho continuam na direção do Sindsemb | Foto: Divulgação

Carmélia da Matta e Katiuscia Carvalho continuam na direção do Sindsemb | Foto: Divulgação

Os servidores filiados ao SINDSEMB decidiram prorrogar, até a decisão de mérito do processo judicial que tramita na Justiça do Trabalho de Barreiras, o mandato da diretoria anterior. A decisão foi tomada durante Assembleia Geral Extraordinária realizada na tarde da quinta-feira (20), na sede da entidade.

Após a assembleia ratificar a convocação, deliberou-se pela prorrogação em decisão unânime. Tal decisão foi motivada pela atual situação administrativa e financeira da entidade sindical, a qual teve as contas bancárias bloqueadas, dificultando o pagamento de funcionários, fornecedores e principalmente o repasse do plano de saúde, situação que tem prejudicado todos os associados.

A assessoria jurídica informou que a Diretoria do Sindicato, eleita no último pleito, enfrenta um processo judicial que discute a regularidade das eleições, além da questão da legitimidade da presidente Carmélia da Mata e da Vice- presidente Katiuscia de Carvalho, servidoras públicas efetivas (professoras) e em pleno gozo dos seus direitos de associadas ao SINDSEMB. A ação, que tramita em segredo de justiça, foi proposta pelo Sr. Rogério Tavares, ao argumento de que as professoras não podem compor a diretoria do sindicato.

Em análise superficial, a Juíza do Trabalho deferiu liminar para suspender a posse até o julgamento do mérito.
A assessoria jurídica do SINDSEMB esclarece que todas as medidas estão sendo conduzidas com o mais absoluto cuidado e que até o momento não há qualquer decisão judicial que impeça professoras e professores de se filiarem ao SINDSEMB ou de fazer parte da sua diretoria, quando legitimamente eleitos.

O processo tem audiência designada para o mês de dezembro. Até que haja decisão definitiva, portanto, o SINDSEMB, por decisão unânime do seu órgão soberano, será administrado pela diretoria eleita.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.