Após 40 dias internado, fotógrafo vítima de acidente aéreo em Barreiras recebe alta

Correio da Bahia Rui esteve internado por 40 dias, chegou a ficar em coma durante dez, mas se recuperou O fotógrafo Rui Rezende, 36 anos, que ficou gravemente ferido em uma queda de avião no dia 24 de julho, recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (3), dos Hospital São Rafael, em Salvador. Rui esteve […]

Em 03/09 de 2014

Correio da Bahia

Rui esteve internado por 40 dias, chegou a ficar em coma durante dez, mas se recuperou

Fotógrafo está internado após queda de avião | Foto: Acervo Pessoal

Fotógrafo está internado após queda de avião | Foto: Acervo Pessoal

O fotógrafo Rui Rezende, 36 anos, que ficou gravemente ferido em uma queda de avião no dia 24 de julho, recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (3), dos Hospital São Rafael, em Salvador. Rui esteve internado por 40 dias, chegou a ficar em coma durante dez, mas se recuperou. Acompanhado da família, ele voltou para casa no final da manhã de hoje.

.

Rui Rezende e a piloto do avião Ana Maria Moraes sobrevoavam uma plantação de algodão quando o avião perdeu o controle e caiu. As causas do acidente ainda não foram divulgadas. Rui Rezende tinha sofrido uma lesão na coluna.

.

Na época, os dois foram internados em estado grave. A piloto havia sido transferida do Hospital do Oeste, em Barreiras, para o Hospital do Subúrbio e teve alta dias depois.

.

Eles estavam em um avião experimental, quando a aeronave caiu na divisa entre os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães. Segundo a assessoria  da Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave caiu na fazenda Santo Antônio.

Dupla sobrevoava uma plantação de algodão quando a aeronave caiu | Foto: Reprodução

Dupla sobrevoava uma plantação de algodão quando a aeronave caiu | Foto: Reprodução

Novo livro
Rui estava fazendo fotos para um novo livro, que deve ser lançado no final do ano, sobre o Oeste da Bahia, quando o acidente aconteceu.

Rui Rezende é um dos mais importantes nomes da fotografia baiana e é autor do livro Chapada Diamantina: Um Paraíso Desconhecido, que reúne imagens de um acervo de mais de 50 mil fotos tiradas pelo fotógrafo ao longo de 13 anos. Rui Rezende se destaca pela beleza das imagens dos municípios e suas respectivas faunas e floras.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.