Apoio da população é fundamental para manter a nossa cidade limpa

Sabe aquela embalagem de bala ou qualquer outro pedaço de papel jogado na rua e a pessoa pensa que um material tão pequeno não prejudica em nada? Pois é, mas se milhares de pessoas cometem esse ato “inofensivo” todos os dias, a sujeira tomará conta das ruas e avenidas da nossa cidade. Essa é uma […]

Em 27/11 de 2018

Sabe aquela embalagem de bala ou qualquer outro pedaço de papel jogado na rua e a pessoa pensa que um material tão pequeno não prejudica em nada? Pois é, mas se milhares de pessoas cometem esse ato “inofensivo” todos os dias, a sujeira tomará conta das ruas e avenidas da nossa cidade. Essa é uma demonstração simples de que viver em sociedade exige responsabilidades, entre elas a preservação dos espaços comum. Em Luís Eduardo Magalhães, a falta de compreensão de uma parcela dos moradores está dificultando o trabalho da prefeitura.

Apesar de todo o esforço das equipes do poder público municipal para manter a cidade limpa, algumas pessoas ainda insistem em fazer o descarte incorreto do lixo e não é necessário percorrer muitos bairros para encontrar problemas de toda a natureza. Os mais comuns são lotes transformados em verdadeiros depósitos de lixo, colocação de resíduos em horários inadequados dificultando a coleta e os entulhos acumulados em ruas e calçadas.

“A população de Luís Eduardo Magalhães precisa ajudar o serviço de coleta de lixo na nossa cidade. Não adianta colocar o lixo nos cestos ou calçadas em horários incorretos porque haverá acúmulo dessa material, o que provoca consequências ruins para todos”, comentou o secretário de Infraestrutura, Marciano Pauletti.

E o secretário de Infraestrutura do município tem toda a razão. A questão do lixo pelas ruas problematiza vários pontos: o aspecto feio de sujeira; o aparecimento de insetos e animais que provocam doenças como o mosquito da dengue, ratos e animais peçonhentos e os objetos cortantes que podem ferir o agente de saúde que está fazendo a coleta. Sem contar que em épocas de muitas chuvas, o lixo pode prejudicar a passagem da água pelos canais, dificultando o escoamento.

“Faço um apelo à população da nossa cidade para que reveja suas atitudes e oriente vizinhos, filhos e amigos que insistem em tratar o lixo da maneira incorreta. Dessa forma teremos melhor qualidade de vida e maior eficiência no serviço prestado em Luís Eduardo Magalhães”, explicou o secretário.

Abaixo, algumas dicas simples que podem ajudar a evitar problemas causados pelo descarte incorreto de resíduos sólidos:
*Sobras de construções ou reformas são de responsabilidade do proprietário do imóvel. Por isso, antes de começar a obra é preciso contratar uma empresa para fazer o recolhimento e transporte do entulho.
*Se for construir ou reformar não deixe cargas de areia, brita e outros materiais na calçada. Além de obstruir o caminho para os pedestres, os resíduos podem escorrer para a rede de escoamento de água.
*Não jogue o lixo nas ruas e calçadas. Se não achar uma lixeira por perto, guarde o material consigo até encontrar uma.
*Deixe os sacos de lixo bem fechados e fora do alcance de animais que podem rasgar as sacolas e espalhar os resíduos em busca de restos de comida.
*Siga o horário de coleta da sua rua. Coloque o lixo minutos antes para facilitar o trabalho das equipes de limpeza.

ASCOM Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.