Antonio Henrique Júnior cobra liberação do empréstimo do Banco do Brasil para governo viabilizar obra da BA-351

O deputado Antonio Henrique Júnior participou na terça-feira (12) de um encontro entre lideranças de Mansidão, Buritirama e Santa Rita de Cássia com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel, para tratar da pavimentação da BA-351. O prefeito de Buritirama, Dedê Alves, também participou do encontro. No encontro, o grupo falou com o […]

Em 14/12 de 2017

O deputado Antonio Henrique Júnior participou na terça-feira (12) de um encontro entre lideranças de Mansidão, Buritirama e Santa Rita de Cássia com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel, para tratar da pavimentação da BA-351. O prefeito de Buritirama, Dedê Alves, também participou do encontro.

No encontro, o grupo falou com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, que informou estar tocando os projetos da rodovia, mas ressaltou a importância da liberação dos recursos do empréstimo do Banco do Brasil – travado a pedido da oposição ao governador Rui Costa na Bahia – para o início das obras.

“O que tem que acontecer é o fim da perseguição ao governador Rui Costa. Até os critérios de avaliação do financiamento dos estados pelo Tesouro Nacional foram modificados. Tudo já estava aprovado e assinado entre o Tesouro, o Ministério da Fazenda e o Governo da Bahia. A mudança visa apenas atender aos desejos do DEM, PSDB e do PMDB aqui na Bahia”, afirmou o deputado.

Os recursos do empréstimo serão usados na recuperação de mais de 2 mil km de estradas, sendo mais de 700 apenas no oeste baiano. A obra de recuperação e pavimentação da BA-351 podem ser incluídas dentro daquelas que terão recursos do empréstimo, atendendo a demandas da população dos três municípios, que sonham com a pavimentação.

Fonte: Assessoria de Comunicação deputado estadual Antonio Henrique Júnior (PP)

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.