Antonio Henrique Jr. defende a vaquejada

Em reunião da Comissão de Agricultura da ALBA, Antonio Henrique Jr. reafirma defesa da vaquejada e das famílias que dependem da atividade O deputado Antonio Henrique Júnior defendeu mais uma vez, na manhã da terça-feira, (08), na Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa da Bahia, que a proibição de vaquejadas é um […]

Em 09/11 de 2016

Em reunião da Comissão de Agricultura da ALBA, Antonio Henrique Jr. reafirma defesa da vaquejada e das famílias que dependem da atividade

antonio-henrique-jr-defende-a-vaquejada-01O deputado Antonio Henrique Júnior defendeu mais uma vez, na manhã da terça-feira, (08), na Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa da Bahia, que a proibição de vaquejadas é um duro golpe na principal fonte de rendas de quase 370 mil famílias baianas. Para o deputado, a medida vai penalizar milhares de pessoas que atuam no setor de eventos equestres e na cadeia produtiva da equinocultura, além de prejudicar economicamente algumas cidades aonde a atividade representa uma fatia importante da receita municipal, como Serrinha e Formosa do Rio Preto, no oeste baiano.

Ainda na comissão, os deputados aprovaram a convocação, no próximo dia 22, dos representantes da CDA – Coordenação de Desenvolvimento Agrário, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, para buscarem uma solução para a emissão e entrega dos títulos que darão segurança jurídica e garantirão ao trabalhador rural, o acesso à terra e a inserção nas políticas públicas dos governos estadual e federal.

O deputado também convidou os deputados para a Feira e Fórum de Genética do Oeste da Bahia, grande evento que será realizado no Parque de Exposições de Barreiras, no período de 24 a 28 de novembro. A feira é uma das maiores realizações do setor de genética do nordeste brasileiro.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.