Aiba busca resolver problema de áreas embargadas no oeste da Bahia‏

Rassana Milcent | Ascom Aiba O presidente da CNA/Faeb, João Martins, esteve em audiência com a Ministra do Meio Ambiente (MMA), Izabella Teixeira, e com a presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Ramos, no dia 05 de agosto, em Brasília. Na ocasião, João Martins apresentou uma solicitação […]

Em 10/08 de 2015

Rassana Milcent | Ascom Aiba

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O presidente da CNA/Faeb, João Martins, esteve em audiência com a Ministra do Meio Ambiente (MMA), Izabella Teixeira, e com a presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Ramos, no dia 05 de agosto, em Brasília. Na ocasião, João Martins apresentou uma solicitação da Aiba sobre a necessidade de padronização de procedimentos considerando a legislação ambiental vigente, para desembargos das áreas produtivas que já estejam regularizadas.

O motivo da solicitação é que alguns produtores rurais ainda têm enfrentado problemas para o desembargo de suas áreas produtivas, uma vez que o Ibama ainda tem exigido, entre outros documentos, o Licenciamento Ambiental da Atividade Agrícola. A legislação do Estado da Bahia não prevê mais a necessidade deste documento, entretanto obriga a adesão ao Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir) conforme o Decreto Estadual n° 15.682/2014; Decreto Estadual n° 15.180/2014 e Resolução do Cepram n° 4.327/2013.

linha

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.