Aiba busca estruturar a pesquisa em algodão no Oeste da Bahia

Rassana Milcent Implantar uma base avançada da Embrapa Algodão no município de Luís Eduardo Magalhães. Este foi o motivo pelo qual o presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, convidou o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e o chefe-geral da Embrapa Algodão, Sebastião Barbosa, para virem à região oeste da Bahia, segunda maior produtora nacional da […]

Em 05/10 de 2015

Rassana Milcent

Foto: Ascom Aiba

Foto: Ascom Aiba

Implantar uma base avançada da Embrapa Algodão no município de Luís Eduardo Magalhães. Este foi o motivo pelo qual o presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, convidou o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e o chefe-geral da Embrapa Algodão, Sebastião Barbosa, para virem à região oeste da Bahia, segunda maior produtora nacional da fibra. O convite foi feito, em Brasília, no dia 29 de setembro.

Para Busato, ter uma base avançada da Embrapa na região fomentaria o desenvolvimento de tecnologias voltadas, especificamente, para a região do Matopiba. Esta afirmação foi baseada em dados apresentados pelo presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Celestino Zanella, segundo quem a região deverá, em breve, ultrapassar a marca de um milhão de hectares cultivados.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.