Abapa realiza reunião de mobilização para adesão ao ABR – Safra 2014/15

Virgília Vieira | Ascom Abapa Como parte da programação de mobilização para adesão ao ABR (Algodão Brasileiro Responsável) – Safra 2014/15, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), realizou no dia 13 de novembro, o encontro com produtores e representantes, para apresentar a forma de adesão, passos que devem ser cumpridos, sanar eventuais dúvidas […]

Em 24/11 de 2014

Virgília Vieira | Ascom Abapa

Gestor de sustentabilidade da Abrapa, Denilson Galbero participou do encontro

Gestor de sustentabilidade da Abrapa, Denilson Galbero participou do encontro

Como parte da programação de mobilização para adesão ao ABR (Algodão Brasileiro Responsável) – Safra 2014/15, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), realizou no dia 13 de novembro, o encontro com produtores e representantes, para apresentar a forma de adesão, passos que devem ser cumpridos, sanar eventuais dúvidas e mostrar a crescente evolução do ABR.

O coordenador de sustentabilidade da Abapa, Mauricio Lopes, enfatizou a importância da participação dos produtores no Programa ABR, que tem como objetivo principal, diagnosticar e orientar a atual situação das propriedades em relação às questões sócio-ambientais. “Para esta safra, estima-se um aumento de 20% de participação das propriedades. Diante deste contexto, foi solicitado aos presentes que façam a adesão até a data limite, para que as propriedades que pretenderem participar do processo de certificação tenham mais tempo de se preparar para as auditorias independentes, previsto para iniciar em março de 2015”, ressaltou Maurício.

Na última safra, a Bahia foi o estado que teve o maior salto de certificações, com aumento de 83% em comparação à safra passada. Na safra 2012/13 eram 18 fazendas, que passaram para 33 na safra 2013/14.  As inscrições para a safra 2014/15, já estão abertas e vão até dia 15 de dezembro de 2014.  Para o gestor de sustentabilidade da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Denilson Galbero, “a safra 2013/14 foi importantíssima para a consolidação do ABR e benchmarking com a Better Cotton Initiative (BCI). Temos certeza que não existe no mundo um programa de sustentabilidade com tanta relevância como o ABR. Atualmente 72% do algodão produzido pelos associados da Abrapa, que corresponde a 99% de todo o algodão produzido no Brasil, são certificados pelo ABR, e esse número é bastante impressionante. Hoje o algodão brasileiro é visto com bons olhos em todo o mundo, com credibilidade, por ser um algodão sustentável”, disse Denilson.

ABR – O programa Algodão Brasileiro Responsável é uma iniciativa da Abrapa e de suas estaduais para unificar o protocolo de certificação de sustentabilidade na produção de algodão no Brasil, e baseia-se em princípios relacionados aos três pilares básicos da sustentabilidade: ambiental, social e econômico.

CERTIFICAÇÃO – A certificação do programa ABR é feita em duas partes. Inicialmente, é realizada uma verificação interna pelas equipes de sustentabilidade das associações estaduais, que observam a conformidade das propriedades com a lista de requisitos do programa. “Os técnicos vão até as fazendas para uma avaliação e orientação sobre como corrigir os possíveis problemas”, explica Galbero. Após a verificação interna e a correção das não conformidades, é o momento da verificação de terceira parte, por certificadoras independentes.

Inscrições e Informações: (77) 3614-9000 / sustentabilidade@abapa.com.br.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.