Abapa participa da Beltwide Cotton Conferences 2015

Virgília Vieira | Ascom Abapa A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), encaminhou a San Antonio, no Texas, nos EUA, representantes da entidade para participar da Beltwide Cotton Conferences 2015, que aconteceu entre os dias 05 a 07 de janeiro. A comitiva baiana foi composta pelo diretor da Abapa e coordenador do Programa Fitossanitário […]

Em 16/01 de 2015

Virgília Vieira | Ascom Abapa

Comitiva baiana participa de tradicional evento do algodão, nos EUA | Foto: Divulgação

Comitiva baiana participa de tradicional evento do algodão, nos EUA | Foto: Divulgação

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), encaminhou a San Antonio, no Texas, nos EUA, representantes da entidade para participar da Beltwide Cotton Conferences 2015, que aconteceu entre os dias 05 a 07 de janeiro. A comitiva baiana foi composta pelo diretor da Abapa e coordenador do Programa Fitossanitário da Bahia, Celito Breda, o coordenador do Programa Fitossanitário da Abapa, Antonio Carlos Santos, o consultor Ezelino de Carvalho, o pesquisador da Fundação Bahia, Murilo Barros, o diretor de Defesa Sanitária Vegetal, Armando Sá, e o ex-secretário de agricultura e deputado estadual, Eduardo Salles.

Para o diretor da Abapa, Celito Breda, ficou claro o forte investimento dos americanos em pesquisas. “Os americanos investem muito em pesquisasbásicas. De maneira geral, mesmo com o número reduzido de participantes, por conta do desânimo em função do mercado de algodão, o evento foi válido. Em momentos de crise não podemos desanimar. Fomos atrás de informações e exemplos, e encontramos exemplos valiosos, que estaremos discutindo e vendo o que podemos implementar para melhorar a competitividade do algodão no Brasil e na região”, disse Breda.

O tradicional evento tem um enfoque técnico e contou com a apresentação de relatórios individuais de grandes pesquisadores, painéis de discussão, workshops e seminários projetados no intuito de proporcionar aos participantes informações precisas para ajudar os produtores nas tomadas de decisões importantes relacionadas à produção. Segundo o coordenador do Programa Fitossanitário da Abapa, Antonio Carlos Santos, “o evento foi de grande importância visto que, o estado do Texas é um dos maiores produtores de algodão, com avanços consideráveis de novas tecnologias. Foi possível agregar novas experiências e trocas de informações servindo como grandes exemplos que deverão ser repassados ao setor produtivo”, ressaltou.

Durante o encontro, as discussões giraram em torno dos novos eventos lançados pela indústria, além de abordagens sobre o uso de novas tecnologias, controle de insetos, pragas, nematóides, variedades resistentes, controle de insetos, o impacto dos neonicotinoides sobre polinizadores, impacto das novas tecnologias no controle de pragas, manejo de irrigação, qualidade da fibra, nutrição das plantas, fisiologia, estresse hídrico, entre outros temas.

O evento também contou com a participação de membros da diretoria da Abrapa, representada pelo presidente, João Carlos Jacobsen Rodrigues; o vice-presidente, o tesoureiro e membro do GT de Tecnologia da entidade, Paulo Kenji Shimohira, e o presidente do Instituto Brasileiro do Algodão (Iba), Haroldo Cunha.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.